Naruto Player RPG | sua experiência no mundo de Naruto
Seja bem vindo ao Naruto Player RPG, se cadastre agora e venha jogar um RPG onde você poderá interpretar seu personagem favorito de Naruto, não perca tempo venha jogar conosco.

Logue-se já!

Esqueci minha senha




Nas ultimas horas...
EdwardSalazar
Hoje à(s) 08:59
 
Youko
Qui 25 Maio 2017, 02:03
 
Youko
Qui 25 Maio 2017, 01:43
 
Ezreal
Qui 25 Maio 2017, 00:31
 
Youko
Qui 25 Maio 2017, 00:25
 
Ezreal
Qua 24 Maio 2017, 22:33
 
Shinki
Qua 24 Maio 2017, 21:42
 
Nanashi
Qua 24 Maio 2017, 21:34
 
Nanashi
Qua 24 Maio 2017, 20:58
 
Quem mais postou nessa semana...
Top dos mais Postadores!
Hinara (1230)
 
River (1209)
 
Youko (1005)
 
Big Boss (910)
 
Modake (908)
 
Whisper (643)
 
Yuu (615)
 
Kazuaki Yuki (613)
 
Ezreal (606)
 
Allen Walker (577)
 


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[Treino] Ezreal

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 4 de 5]

1 [Treino] Ezreal em Qui 27 Ago 2015, 14:58

Relembrando a primeira mensagem :

Local do treino: Campo de treino em Kumo
Número de Treinos na semana:2/5
Objetivo do Treino:Aprender os jutsus Goukakyuu no Jutsu e Gouryuuka no Jutsu
Jutsu Aprendido:
Spoiler:


Gouryuuka no Jutsu
(Técnica do Grande Dragão de Fogo)
Quem Usa: Uchiha Sasuke
Rank: B
Primeira Aparição: Episódio 137 Shippuuden
Descrição: Após fazer os selos, o ninja expele pela boca um enorme dragão de fogo que queima tudo o que encontra pela frente.



Goukakyuu no Jutsu
(Técnica da Grande Bola de Fogo)
Quem Usa: Clã Uchiha, Hatake Kakashi, Shinobis (Ninja) de Konohagakure no Sato
Rank: C
Selos: Cobra, Bode, Macaco, Javali, Cavalo, Tigre
Primeira Aparição: Episódio 3 Naruto Clássico
Descrição: Depois de fazer os selos necessários, o usuário desse jutsu atira uma enorme bola de fogo pela boca.

Números de Palavras:343 no 1° e 334 no 2°
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus

Goukakyuu no Jutsu





Havia chegado o grande dia, o dia em que um Uchiha finalmente se tornaria um homem, Ezreal estava
ao mesmo tempo muito ansioso, mas muito amedrontado, pois ele tinha medo de não conseguir desenvolver a técnica,
Ezreal respira, reflete um pouco sobre sua vida, e finalmente se vê preparado para treina-la, então, sem muitas delongas,
ele retira um papel elemental de sua mochila, e concentra seu chakra nele, e como já se era esperado de um Uchiha, o papel se queima, ele estava pronto.

Ezreal retira um velho pergaminho Uchiha com os selos da técnica, o analisa e finalmente vai tentar realiza-la,
ele faz os selos (Cobra, Bode, Macaco, Javali, Cavalo e Tigre), junta uma quantidade grande de ar em seus pulmões e tenta realiza-la,
então, para sua surpresa, nada acontece, nada, nem mesmo um brasinha, Ezreal estava inconformado, ele não conseguia entender como
ele não havia sido capaz de fazer nem uma brasa, ele pensa em desistir por um momento,mas então ele pensa
“se eu não conseguir nem ao menos realizar este jutsu, que jutsu eu serei capaz de fazer?”, ele então resolver tentar novamente.
Ezreal realiza os selos, se concentra ,enche seu pulmão de ar e então ele finalmente vê uma pequena brasa se formando, ele se
sente orgulhoso, mas aquela brasa não era o necessário ainda, ela não seria capaz de queimar nada, mas Ezreal já sentia uma evolução,
ele resolve tentar mais algumas vezes, com um evolução gradativa, mas ainda longe do ideal, ele então resolve tentar uma última vez
antes do fim do dia, pois já estava ficando cansado.
Como era a última vez que ele tentaria no dia, ele fez questão de que fosse a melhor, ele faz os preparativos necessário
e então, para sua surpresa, ele realiza o jutsu com perfeição, ele libera aquela enorme bola de fogo de sua boca, e se sente
mais orgulhoso do que nunca, ele então resolve ignorar o cansaço e realizar aquele jutsu mais algumas vezes, até finalmente realiza-lo com naturalidade, ele finalmente havia se tornado um Uchiha de verdade

.


Gouryuuka no Jutsu





Ezreal chega ao campo de treinamento pronto para aperfeiçoar suas habilidades, foi naquele mesmo
campo que ele havia desenvolvido o seu primeiro jutsu de fogo, então o sentimento de orgulho e confiança era inevitável
, ele estava pronto para aprender uma técnica de verdade, mais forte e mais poderosa que a anterior, ele sabia que seria
muito mais difícil, mas a confiança adquirida com a outra técnica o fez sentir que conseguiria.
Ezreal então analisa o campo de treinamento, e confirma que ele estava vazio, ele então retira o pergaminho de sua mochila,
ele analisa o pergaminho e pensa consigo mesmo:

“Se eu conseguir dominar isso aqui, eu serei muito mais útil que antes, eu finalmente deixarei de ser um peso morto”

Ele então abre o pergaminho e começa a analisa-lo, faz um analise fria do pergaminho, pois não queria falhar,
após a leitura minuciosa do pergaminho, ele vai ao centro do campo de treinamento, olha para o céu e se prepara, física e emocionalmente para aprender aquele jutsu.
Após toda a preparação, ele resolve, sem mais delongas, tentar realizar o jutsu, ele realiza os selos de mão,
concentra o chakra katon e tenta realizar o jutsu, ele liberou uma pequena quantidade de fogo, mas sentiu que aquele jutsu necessitava de uma quantidade muito maior de chakra do que os outros, ele então tenta realiza-lo novamente, sem conseguir nem liberar chamas dessa vez,
o que ele havia feito de errado?
Sem saber Ezreal senta em um local do campo e repousa por alguns instantes, ele então percebe que ele estava muito cansado e não estava conseguindo liberar a quantidade de chakra necessária, ele então se deita e tira um cochilo, após acordar, ele se sentia renovado e
também sentia que finalmente havia chegado sua hora, ele então se prepara, realiza os selos de mão e finalmente liberava um enorme
dragão de fogo, ele finalmente havia conseguido executar a técnica, orgulhoso com seus resultados, ele resolve treinar o resto do dia até finalmente dominar a técnica.


76 Re: [Treino] Ezreal em Qua 21 Out 2015, 13:47

Local do treino: Campo de treino em Kumo 
Número de Treinos na semana:7/7
Objetivo do Treino: Repostar agora que cheguei em Kumo.
Jutsu Aprendido:
Spoiler:

Magen • Kyouten Chiten
(Ilusão Demoníaca • Mudança do Espelho do Céu e da Terra)
Quem Usa:
 Usuários do Sharingan Nível 3
Rank: A
Descrição:
O Shinobi (Ninja) ativa seu Sharingan Nível 3, e com ele pode perceber 
um Genjutsu em uso contra si, e assim voltá-lo contra seu inimigo.


Suiton - Baku Suishouha 
(Elemento Água - Ondas de Colisão da Água Explosiva)
Quem Usa: Senju Tobirama, Hoshigaki Kisame, Mukade, Momochi Zabuza
Primeira Aparição: Capítulo 256
Rank: A
Descrição: O Suiton - Baku Suishouha é uma técnica onde o usuário cospe um grande volume de água da sua boca, engolindo e esmagando o inimigo com uma enorme onda. O usuário pode montar na onda, permitindo-lhe mover-se em alta velocidade, e atacar o inimigo, agora empurrado pela água, sem medo de contra-ataques. A quantidade de água criada é proporcional à quantidade de chakra utilizado; quando usado com o chakra enorme de Kisame, mesmo um grande deserto pode se tornar um pequeno oceano. Em seguida, o excesso de água pode ser usado para as técnicas de Suiton adicionais. No anime, Nagato realiza esta técnica com o Caminho Deva, porém ele o usa perfurando o chão para a água jorrar, em vez de cuspi-la de sua boca.


Suiton - Mizukagami no Jutsu
(Elemento Água - Técnica do Espelho d’Água)
Quem Usa: Yagura
Primeira Aparição: Capítulo 564
Rank: A
Descrição: Esta técnica cria um vórtex de água que copia os inimigos que estiverem atacando o usuário naquele momento. Os inimigos são copiados e os jutsus que eles estão realizando naquele instante também são copiados. O jutsu não é duradouro, pois copia apenas naquele instante em que o usuário está sendo atacado, mas é uma ótima defesa caso receba algum golpe mais poderoso.

Keimon - (Visão)
Quem Usa: Rock Lee e Maito Gai
Rank: D
Função: Defender
Nota: Essa técnica foi usado na luta coa Kigiri, Nurari e Kiho.
Descrição: Rock Lee e Maito Gai se concentrando podem sentir a presença (espirito) do adversário, através do chakra do mesmo, podendo se defender e atacar em plena escuridão, ou de olhos fechados.


Mizu Bunshin Bakuha no Jutsu
(Jutsu do Clone de Água Explosivo)
Quem Usa: Itachi Uchiha
Primeira Aparição: Capitulo 29
Rank: B
Descrição: Esta técnica envolve a criação de uma cópia de si aquática que, uma vez destruída, explode em uma grande quantidade de água, atingido quem estiver próximo.


Suiton - Kokuun no Jutsu 
(Estilo Água - Jutsu da Chuva Negra)
Quem Usa: Kagari
Primeira Aparição: Episódio Filler 103 (Clássico)
Rank: C
Descrição: Essa técnica cria uma névoa negra que forma uma pequena nuvem. O usuário pode mover a nuvem para cima do alvo e fazer com que ela libere um óleo altamente inflamável para queima - lo posteriormente com um Jutsu Katon ou um Kibaku Fuuda.

Magen • Kasegui no Jutsu
(Ilusão Demoníaca • Técnica das Estacas Algemadoras)
Quem Usa:
 Uchiha Itachi e Uchiha Sasuke
Rank:A
Nota: Não se sabe se o Sharingan é necessário para realizar essa técnica.
Descrição:
Uchiha Itachi e Uchiha Sasuke utilizaram essa técnica quando Orochimaru
tentou roubar seus corpos com o Fushi Tensei, eles a utilizaram para 
reverter o controle do Jutsu.
Números de Palavras: Nos treinos
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus


A WEIRD TRAINING
"tática atacante kleberson amável"


(2722 palavras)
Ezreal descansava em sua casa, o menino encontrava-se deitado em sua cama, ele estava extremamente cansado de suas últimas missões, seus pés e mãos doíam e seu pescoço não para de estralar, então ele estava apenas deitado descansando, olhando para o teto, pensando na vida e nos últimos acontecimentos, ele estava pensando em como ele havia se tornado mais forte nesses últimos tempos, e também em como ele havia se tornado cada vez mais cruel e impiedoso, talvez houvesse alguma influência negativa que estivesse agindo sobre o menino. Nah, era apenas viagem do Samui, os seus pensamentos estavam ficando cada vez mais misturados e confusos com o tempo, devia ser o cansaço, após alguns minutos, as pálpebras do menino começam a ficar pesadas, e ele finalmente cai no sono, o seus sonhos naquela noite estavam bem confusos, com cores psicodélicas e situações esquisitas, provavelmente frutos do cansaço, mas todos eles tinham algo em comum, todos eles pareciam ter alguma relação esquisita com água, a água era assunto recorrente nos sonhos do menino, cachoeiras, rios, lagos, mares e até mesmo oceanos, água de todo tipo, que coisa esquisita.
Depois de uma noite bem esquisita, finalmente Ezreal levanta, e ele ainda estava meio cansado mesmo depois de dormir até demais, ele estava atrasado para uma reunião da cúpula do kage, aquilo poderia lhe trazer problemas, então rapidamente o menino levanta, veste suas roupas e vai correndo até a cúpula do kage para a reunião.
Ao chegar lá, a reunião já havia começado e todas as pessoas lá dentro já estavam bem acomodadas, meio sem jeito, o Uchiha toma seu lugar e começa a ouvir as palavras que sua kage proferia, apesar de seu sono, o menino procurava se manter atento ao que a sua superiora estava dizendo, mas infelizmente ele acabou caindo no sono uma hora, tendo novamente aqueles estranhos sonhos envolvendo água, mas é logo acordado pela kage muita brava, ela diz que aquilo era uma falta de respeito tremenda, e como punição, ele deveria ir até uma montanha próxima, passar uma semana com alguns monges que ficavam por lá, pra tentar aprender alguma coisa sobre educação. O garoto ainda tentou se desculpar, mas a kage não queria nem saber, e logo o mandou sair da sala e ir pra lá.
Ao sair da sala, Ezreal dá uma respirada funda e dá de ombros, não havia nada que ele poderia fazer, o negócio era aceitar a missão e ira até a tal montanha aonde os monges se reuniam, mas antes de ir pra lá, o Uchiha deveria passar em casa e pegar as coisas necessárias para a viagem, então sem perder tempo, o menino vai até lá dando passos lentos e calmos, não havia pressa nenhuma pra ir naquela viagem louca e cansativa, após algum tempo, o menino finalmente chega em casa, ele calmamente dobra suas roupas, pega seu armamento e parte para o portão da vila, novamente dando passos lentos e até mesmo desanimados desta vez.
O menino finalmente havia passado do arco que separava a vila do resto do mundo, o dia estava frio e extremamente rigoroso, talvez aquilo já tivesse se tornado praxe de suas 
missões, dias frios e chuvosos pareciam acompanhar a trajetória daquele estranho ninja, ao menos o manto que vestia ajudava a diminuir a força daqueles ventos em sua estranha figura, conforme o menino ia andando, o vento parecia se tornar cada vez forte e cortante, o frio parecia congelar os dedos de Ezreal, e a situação só tendia a piorar conforme o menino subia a montanha, o ar já rarefeito de Kumo estava ficando cada vez mais rarefeito conforme o ninja subia a montanha, após algumas horas de caminhada, o menino finalmente resolveu parar, ele se sentou em uma caverna que se encontrava no caminho que existia para subir a montanha, as paredes da caverna ajudavam o menino a se proteger do frio, e a barraca que ele havia trazido terminava de fazer o trabalho, o menino deita-se dentro da barraca, e logo acaba dormindo. Quando ele acorda, uma surpresa extremamente linda e bizarra aguardava ele na entrada da caverna, a caverna em que ele se encontrava ficava no meio de uma cachoeira, que estava jorrando água sem parar na entrada da caverna, ela estranhamente não estava ativa no dia anterior, o que tornava tudo muito mais bizarro, sem fazer muitas perguntas, o menino pegou as coisas que havia espalhado no chão, deu uma respirada bem profunda, olhou para o caminho que deveria percorrer e continuou andando, sem olhar para trás e tentando esquecer aquela bizarra cachoeira, mesmo estando todo molhado devido à sua passagem por ela.
Após horas e horas de viagem e algumas paradas para descanso e para alimentar-se, o garoto finalmente avista o topo da montanha, e no topo estava o que parecia ser uma casa ou um mosteiro, provavelmente era lá aonde os monges se encontravam, e para surpresa do Uchiha, a casa se encontrava junto da tal cachoeira que ele havia visto mais cedo, e olhando aquela paisagem de perto, parecia com alguns sonhos que Ezreal havia tido nos últimos tempos, aquele mosteiro e aquela cachoeira...Era tudo simplesmente familiar de mais, destino? Ezreal não acreditava naquilo, pra ele era tudo coincidência, destino era uma palavra muito bonita, mas muito pretensiosa e egocêntrica para ser usada tão livremente quanto as pessoas costumam fazer, para ele aquilo era uma palavra e só. De qualquer jeito, ao menino finalmente chegar até a porta do local, ele dá duas batidas fortes na porta do tal mosteiro, e é atendido por um homem ligeiramente careca, com olhos que pareciam ser meio puxados, além de um enorme sorriso estampado no rosto, o cara com certeza era um monge, e segundo ele, a chegada de Ezreal era esperada, sem perder tempo nenhum, o monge leva o menino até um local aonde ele poderia se alimentar e descansar, o pequeno refúgio do garoto naquele louco lugar. Assim que o menino chega em seu quarto, ele imediatamente se joga na cama e começa a dormir, a viagem havia sido cansativa, e o menino não tinha energia para ficar "explorando" o lugar, o menino cai no sono, e novamente tem sonhos com cachoeiras e rios, aquilo já estava começando a intrigar o menino, tanto tempo e seus sonhos se resumiam em apenas uma coisa? Aquilo era um fato extremamente bizarro.
A manhã finalmente havia chegado, o sol estava raiando e o frio gigantesco do lugar parecia um pouco mais suportável, Ezreal sai do seu quarto com passos lentos e sonolentos até um lugar que parecia ser o refeitório do local, ao chegar lá, ele encontra vários monges comendo uma espécie de comida extremamente nojenta, segundo eles, era aquilo que o menino estava destinado a comer durante a sua estadia, era uma comida verde, parecia ser meio gosmenta, a textura dela lembrava um all-star velho, algo completamente intragável e bizarro, mas era melhor comer aquela nojeira fedorenta do que ficar com fome, então fazendo cara feia e com um desejo gigantesco de vomitar, o Uchiha come um prato daquela gosma fedida, uma dor de barriga parecia acompanha-lo durante o resto de seu dia, mas aquilo não vinha ao caso.
Após aquele almoço digno de filmes de terror, o menino se encontrou com os monges para o que parecia ser um treinamento, os monges pareciam ser muito hábeis em vários estilos de luta, além disso, eles pareciam venerar a água e jutsus do estilo suiton, espera, suiton? Aqueles sonhos novamente voltaram a fazer sentido, será que o destino realmente existe? Nah, novamente eram apenas alguns devaneios do garoto que insistia em encontrar razões para tudo. Os monges do local disseram que nessa semana que o menino iria permanecer ali, eles fariam com ele um treinamento que ele nunca havia feito antes, um treinamento extremamente poderoso e difícil, o que talvez fosse para assustar o menino, apenas fez com que ele abrisse um sorriso extremamente alegre e talvez até mesmo caloroso em sua face, ele estava pronto para o treinamento que seria feito com ele. O primeiro treinamento que os monges decidiram aplicar nele era um treinamento para que o menino parasse de depender tanto dos seus olhos na batalha, seria um treinamento para treinar os seus outros sentidos, para começar esse treinamento, os monges pediram para que o menino tapasse seus olhos com uma venda, e o Uchiha aceitou sem exitar, os monges então começaram a atacar o menino por todos os lados, o menino era muito mais forte e rápido que aqueles ninjas, mas graças à sua falta de visão, ele acabou sendo atingido várias vezes, sem conseguir atacar ou defender-se direito, após alguns minutos apanhando, o samui desiste de tentar defender-se e pede para que os monges ensinem-o como lutar sem usar a visão, os monges então ensinam a ele uma técnica chamada Keimon, que consiste em lutar sem usar os olhos, sentindo o chakra do adversário, o "espirito" do adversário, aquilo no começo não fazia muito sentido para o menino, mas depois de algumas horas de treino com os monges, o menino finalmente estava sentido a presença dos monges que o atacavam, ele era capaz de defender-se plenamente dos ataques recebidos e até mesmo contra-atacar, os monges estavam orgulhosos e deram aquele treinamento como o treinamento do dia, o menino Ezreal então agradeceu aos monges pelos ensinamentos iniciais, parecia que sua estadia naquele local realmente lhe seria muito útil, o menino então ainda arruma tempo para jantar aquela gororoba verde nojenta e fedida antes de finalmente se dirigir ao seu quarto, aonde novamente dormiu rapidamente, apesar da dor de barriga enorme que se instaurava em sua barriga, e novamente, os seus sonhos pareciam ter relação com águas e águas, mas com uma razão dessa vez, tudo isso faria sentido no dia seguinte.
Novamente o sol raiava no céu, mais uma manhã estava para começar, todos os monges já estavam fazendo os seus devidos trabalho e Ezreal estava completamente morto de cansaço, mas levantou-se simplesmente pela animação em seu possível novo treinamento, o menino estava com bastante fome, porque havia vomitado toda a sua janta na noite anterior, e novamente lá estava, a gororoba verde e nojenta, o cheiro dela era capaz de fazer com que até mesmo o mais forte dos homens recuasse de medo e receio do que poderia haver dentro de tal mistura, era algo realmente a ser estudado pela sociedade para que nunca mais algo do tipo fosse feito. Ao terminar aquele prato completamente repulsivo, o menino dirigiu-se até o local aonde seu novo treino ocorreria, desta vez, seria algo realmente diferente para o samui. Ele iria aprender a moldar o elemento suiton.
Os monges chamaram o menino até o local aonde havia a cachoeira do local, chegando lá, um dos monges fez alguns selos de mão e começou a liberar uma quantidade imensurável de água pela boca, a água era praticamente do tamanho da cachoeira, seria aquela cachoeira fruto daquele jutsu? Talvez, mas não seria agora a hora de descobrir isso, os monges então deixaram um responsável por ensinar os jutsus suiton com Ezreal, e ele começou a ensinar o menino como moldar o elemento, e também como executar aquele jutsu, o menino no começo não cuspia nada de água, apenas cuspia mesmo, o monge mencionou o quanto repulsiva a saliva dele era, mas o menino não deu muita bola, após algumas tentativas, o menino finalmente estava liberando suiton com uma facilidade impressionante de sua boca, até que finalmente, ele foi capaz de fazer uma cachoeira praticamente tão grande quanto a cachoeira do local, o monge sorriu de orgulho e deu o treinamento do dia encerrado, o menino também sorriu em retribuição e se dirigiu até o seu quarto, mas não sem antes comer novamente aquela gororoba do lugar (Eu já mencionei que ela é completamente incomível?), o menino logo deita-se e logo cai no sono, e pela primeira vez em muito tempo ele não tem sonhos com água, era como se ele precisasse aprender aquele elemento para deixar de sonhar, destino? Não, não podia ser.
E mais uma vez, o sol estava a pico no céu, mais um dia estava começando, e mais um dia de treino para o menino Ezreal que havia acabado de levantar levemente animado havia começado, o seu próximo treinamento também seria de água, ou suiton, como preferir. O menino foi levado pelos monges até uma espécie de pátio, ao chegar lá, o monge pediu para que Ezreal atacasse ele com um jutsu extremamente forte, o Uchiha fez um chidori e partiu para cima do monge, que fez alguns selos de mão e liberou uma técnica que fazia com que um espelho de água surgisse, e dele uma imagem igual a de Ezreal saiu, fazendo com que os dois se chocasse, anulando o jutsu, o menino ficou impressionado com o jutsu, o monge sorriu e começou a explicar para o menino como funcionava aquele poderosíssimo jutsu, após algum tempo treinando, o menino finalmente foi capaz de dominar aquele jutsu, era como se a cada segundo ali ele ficasse com uma maior afinidade com o elemento de água, após o menino finalmente dominar o jutsu, o treinamento do dia mais uma vez foi dado como encerrado, e Ez novamente come aquela gororoba nojenta e vai dormir.
Mais um dia havia começado e mais uma vez o menino Ezreal acorda animado e vai comer aquela gororoba nojenta para estragar o seu dia, e vai treinar, desta vez ele foi recebido por um monge um pouco esquisito, e quando o garoto vai cumprimenta-lo, o monge explode e quase acaba ferindo o garoto, após alguns segundos, o verdadeiro monge aparece e explica que aquele iria ser o jutsu que Ez iria aprender naquele dia, o jutsu era basicamente como um kage bunshin, mas era feito de água, e podia explodir caso morresse ou após alguns segundos, o Uchiha já estava bem acostumado com aquele esquema de suiton e aprendeu o jutsu com muita facilidade, e novamente o dia foi dado por encerrado, e novamente Ez come a gororoba e vai dormir, desta vez tendo sonhos normais.
Mais um dia havia começado e como já era de praxe, Ezreal comeu a gororoba e foi treinar, imaginando que fosse aprender jutsus de água mais uma vez, mas desta vez ele iria aprender uma arte que ele já dominava, genjutsus. Ele primeiro treinou um genjutsu capaz de reverter um genjutsu contra o usuário, e logo depois treinou um que criava estacas que prendiam o inimigo, os monges além de ótimos com suiton também eram bons em outras artes, novamente o dia foi encerrado e Ez foi se deitar, desta vez sem comer a gororoba nojenta, não estava com fome.
O penúltimo dia de sua estadia havia começado, o sol novamente raiava e os monges trabalhavam como se fosse um dia normal, nada iria atrapalhar a rotina deles naquele dia, nem mesmo aquele sendo provavelmente o último dia de Ezreal naquele lugar, o menino foi recebido por um monge que disse que a última técnica que ele iria ensinar a Ez também seria do estilo suiton, ele disse que sabia que o Uchiha era usuário de katon, então aquela técnica podia ajudar ele, a técnica consistia em fazer uma chuva de óleo que podia ser inflamada com katon ou com um selo explosivo, Ezreal ficou animado com a ideia de misturar seu katon com seu novo elemento, então foi logo treinar o tal jutsu, que era um pouco mais difícil que um suiton normal, mas que foi logo dominado por Ez, ele havia tido o dia encerrado e havia terminado o seu treinamento no lugar, então ele foi comer a gororoba com gosto, pois era a última refeição com aqueles monges, logo depois de comer, ele foi dormir com até um receio no coração de deixar aquele lugar.
O último dia havia chegado, Ezreal passou o dia com os monges tentando ajuda-los nas tarefas domésticas do local em forma de agradecimento, até que quando a noite chegou, o menino partiu, com um certo receio no coração, mas com muita felicidade pelo que havia aprendido lá, o que era pra ser um castigo por parte da kage acabou tornando-se um prazer para Ezreal, que chegou em um Kumo com um sorriso no rosto e muito mais técnicas em seu arsenal.

77 Re: [Treino] Ezreal em Qua 21 Out 2015, 15:47

Aprovado gracinha

78 Re: [Treino] Ezreal em Dom 25 Out 2015, 00:06


MY DEAR FRIEND


IN THE END PT1
treino de status

Às vezes a vida pode ser surpreendente, às vezes ela pode ser triste, às vezes ela pode ser maravilhosa, e às vezes, bem, às vezes ela pode acabar em um instante. Os fatos a seguir ocorreram no mês de Julho com o menino chamado Ezreal Uchiha no ano de 1728, todos os fatos são fictícios e puramente feitos para o seu entretenimento, ou não.
Bem, tudo começou em uma tarde ensolarada, Ezreal era um Samui na vila de Kumogakure no Sato e estava voltando de uma missão rotineira, mas algo no mínimo intrigante ocorreu enquanto ele voltava para sua casa. Uma mulher, ou melhor, uma velha de mais ou menos 80 anos, veio falar com ele enquanto o ninja adentrava a vila da qual fazia parte, no início, o garoto pensou em ignorar, visto que a velha era considerada maluca por boa parte dos moradores da cidade, mas algo naquele dia o disse para ouvir o que ela tinha a dizer. A velha disse que algo terrível estava à caminho, em 14 dias, o mundo chegaria ao seu fim, em apenas 14 dias, todos que se encontravam vivos e respirando encontrariam a sua ruína de uma forma ou outra. Segundo a previsão dela, o mundo acabaria dia 31 de Julho, visto que aquele era o dia 17 do mês. Interessante, pelo jeito o menino não deveria ter parado, era só mais uma maluca falando sobre o fim do mundo, não é como se ela fosse a primeira pessoa do mundo a tentar prever o fim do mundo. Após ouvir a conversa, o menino apenas continua andando sem dar muita importância ao que havia acabado de ouvir. Após alguns passos, ele finalmente chega em Kumo, o dia estava lindo e o por-do-sol estava chegando. Era hora do menino finalmente descansar após um longo dia de esforços prestados à sua cidade. Aquele dia havia sido especialmente cansativo pelo fato do Uchiha ter tido de viajar à outra vila, coisa que não fazia normalmente, mas a recompensa valeria a pena, ao menos era o que ele esperava. Após algum tempo vagando pela cidade, o menino finalmente chega em sua casa, e não muito tempo depois, ele se joga em sua cama e apaga.
Um novo dia havia chegado, uma bela nova manhã esperava o agora renovado ninja de Kumo. O garoto rapidamente levanta-se e vai fazer sua rotina diária, mas algo de estranho havia acontecido naquele noite, uma tatuagem negra e esquisita havia aparecido em sua mão direita. De inicio, o menino achou que aquela mancha negra era apenas algum vestígio do selo amaldiçoado, uma maldição que carregava anteriormente e que se encontrava livre naquele momento; Após alguns segundos observando, ele chegou à conclusão que na verdade aquilo não havia correlação nenhuma com o selo que lhe amaldiçoava anteriormente, eram simplesmente machas pretas que haviam aparecido em seu braço. Apesar de ser algo esquisito, elas não chegavam à incomodar o menino de forma alguma, então ele apenas continuou sua rotina. Perto do fim do dia, ele passa pelo mesmo local do dia anterior e encontra aquela mesma velha no mesmo local, mas desta vez ele ignora-a completamente. Tudo que ele conseguiu ouvir foi ela gritando "13 dias", era impressionante como ela tinha fé naquele negócio de fim do mundo, as pessoas são realmente muito burras, como elas podem crer em coisas assim?Hora vai e hora vem, e Ezreal finalmente se encontra deitado novamente em sua cama pronto para dormir, o dia não havia sido tão cansativo quanto o anterior, mas ainda sim merecia um belo descanso. Após pouco tempo, o menino cai nos braços de Morfeu e apaga completamente. Em seus sonhos, algo esquisito estava acontecendo, pesadelos o assolaram durante toda a noite, além disso, ele sentia como se a dor que ele sentia no sonho se manifestasse na realidade, era como se ela o queimasse tanto por dentro quanto por fora até o fim de sua noite.
Após uma conturbada noite de sono, Ezreal se levanta novamente, e novamente marcas apareceram em seu braço, elas pareciam continuar as marcas anteriores, o que tornava tudo mais esquisito. Seria prudente ignorar novamente? Seria a última tentativa do menino, ele iria ignorar as marcas mais uma vez na esperança de que não fosse nada, mesmo que fosse óbvio que aquilo era algo definitivamente esquisito.
Mais um dia de trabalho, missões e sangue, mais um dia em que Ez volta pelo mesmo caminho e encontra a velha novamente, e como esperado, ela continua sua previsão; "12 dias", os dias estão acabando, ao menos era o que ela dizia, coitada, deve ser horrível acreditar neste tipo de coisa, não é?
Mais uma noite havia chegado, o ciclo parecia se repetir, e continuaria se repetindo se o Samui não fizesse nada. Então, desta vez, o menino não iria dormir, ele simplesmente iria varar a noite, se ele não dormir, não iria aparecer nenhuma tatuagem certo? Ao menos era o que se passava em sua cabeça. As primeiras horas foram bem tranquilas, nem um pingo de sono, até que lá pras três da manhã, o garoto não se segurava mais de sono, mas mesmo assim ele resistiu bravamente. Eram quatro horas da manhã quando tudo mudou, um forte ardor começou a vir do braço de Ezreal, exatamente acima das outras tatuagens, um brilho enorme vinha do braço do menino, veias começaram a saltar de seu pescoço, a dor que vinha do braço era proporcional à alguém retirando a sua pele com as unhas, era proporcional à sentir todas as veias do seu braço estourando ao mesmo tempo, era algo que o Samui jamais havia sentido. Não aguentando a dor proporcionada por aquela aparição acabou desmaiando; Na manhã seguinte, lá estava a tatuagem novamente, o ciclo se repetia.
A manhã estava diferente naquele dia, uma forte chuva tomou o lugar que o sol ocupava nos outros dias, trovoadas podiam ser ouvidas e a hostilidade do clima podia ser sentida na pele por quem habitava ali, aquele definitivamente não era um dia pra se sair de casa. Quanto ao Ezreal, bem, ele até considerou a hipótese de passar o dia em branco e ficar em casa, mas aquela estranha tatuagem o motivou a procurar ajuda, e o primeiro lugar que ele imaginou que poderia encontrar ajuda era o gabinete da Raikage. Imediatamente o menino sai de casa e segue o seu caminho rotineiro até o prédio mais importante da cidade, a chuva e os raios não o amedrontavam ou assustavam mais, ele agora era capaz de ignorar completamente as poças de água no chão e o frio incessante que ventava contra ele, a sua vontade de descobrir o que estava havendo havia proporcionado ao menino a capacidade de ignorar os obstáculos do trajeto, o seu corpo ainda fraquejava, o seu corpo estava completamente arrepiado e seus lábios rachavam, mas ele seguia em frente com a força de sua mente.
Após a longa caminhada até o prédio, o menino finalmente havia alcançado seu objetivo, algumas leves batidas na porta do local e um funcionário vem lhe atender, e para sua surpresa, o funcionário revela que a Raikage não estava no local,ela já havia saído fazia algum tempo, mesmo achando que aquela figura na sua frente não poderia lhe ajudar, o menino resolve contar ao homem o que estava acontecendo consigo, o homem dá uma leve risadinha e diz que sabe quem poderia ajuda-lo. Quem era a figura que poderia ajudar o menino? Nada mais nada menos que a velha lunática.


Thanks James Sullivan,Edited by Ezreal © CG

79 Re: [Treino] Ezreal em Dom 25 Out 2015, 00:28




Casa comigo?


#Aprovado - 275 Pts

Avaliação:

Pontos Positivos:
- Boa ambientação e detalhamento.
- Boa ortografia.
- Boa divisão de parágrafos.
- Ótima noção sobre escrita e Narração.
- Boa formatação.
- Narração Coerente.
- Bom desenvolvimento.
- Bom Tempo Verbal.
- Enredo bem construído.
- Boa história. (se original)
- E porque tá rolando um clima, se não...(brincadeira)

Pontos Negativos:
- Alguns erros de concordância.
- Algumas palavras repisadas em sequência.


Considerações:

Avaliei criticamente o treino de forma impessoal para que seja um sistema justo.
Lembrando, caso haja alguma duvida sobre os quesitos mencionados basta perguntar, estarei apto a esclarecedor quaisquer pontos avaliados acima. E caso me encontre equivocado, a nota será atualizada de acordo.

OBS: Esse será o padrão de Avaliação de Status sempre.

80 Re: [Treino] Ezreal em Seg 26 Out 2015, 19:40


MY DEAR FRIEND


ELDERS KNOW A LOT OF SHIT.
treino de jutsus(1013 palavras)

Após um longo tempo sem treinar, Ezreal finalmente havia decidido retomar sua rotina de incessante de treinos, e o primeiro atributo que ele iria treinar era um atributo em que ele se considerava especialista, ele iria treinar genjutsus. O único problema que ele poderia enfrentar nessa jornada era quais genjutsus e como eles seriam aprendidos por ele, mas ele já tinha uma ideia de como resolver ambos os problemas.
Uma tribo perto da vila de kumo era bastante conhecida pela sua tradição na utilização de genjutsus e técnicas que envolviam a mente, com certeza lá haveria alguém para ensinar ao menino técnicas que ele ainda não dominava. Era até mesmo comum alguns viajantes irem até aquela vila em busca de ensinamentos de todo o tipo, não só de genjutsus, mas também de coisas rotineiras relacionadas à saúde mental. Talvez aquele fosse o local mais bem desenvolvido em termos de estudos mentais no mundo ninja.
Era uma manhã de quarta-feira quando o Samui se encontrava saindo da vila. Com sorte, ele estaria no local desejado antes da meia noite, visto que o caminho até lá era extremamente longo e nada seguro. Até existiam alguns atalhos, mas não eram de conhecimento do menino, que só queria chegar lá o mais rápido possível. Após se preparar um pouco, o Uchiha finalmente cai na estrada.
Os primeiros quilômetros foram relativamente tranquilos, nada de animais selvagens ou bandidos incomodando o fluxo natural da viagem. Também não havia nenhuma estrada muito acidentada para ser percorrida. Assim, todas as estradas eram relativamente acidentadas, mas não havia nenhuma acidentada demais, todas elas podiam ser percorridas sem muito esforço, pelo menos para um ninja.
A viagem já se aproximava de sua metade quando Ez teve de fazer sua primeira parada, o local escolhido foi uma clareira no meio da floresta, provavelmente o local mais segura que poderia ser encontrado ali. O lugar era até mesmo simpático, estrelas podiam ser vistas no céu e não haviam insetos ou animais para atrapalhar uma boa noite de sono. Sem pestanear, Ezreal coloca seus equipamentos ninja encostados em um árvore e sobe na mesma, a fim de dormir lá. Poucas horas depois, o ninja já havia apagado completamente. Ao menos os sonhos que ele estava tendo eram bons, o ritmo da viagem estava ótimo.
A manhã finalmente chega e o ninja provindo de Kumogakure no Sato finalmente acorda, mas algo estranho havia ocorrido. Ao olhar para baixo, Ez percebe que suas coisas não estavam ali, o que poderia ter ocorrido? Imediatamente, o menino ativa seu Sharingan e começa a procurar qualquer sinal de suas armas nos arredores. A procura era longa e demorada, afinal, o menino não havia a menor ideia do que poderia ter ocorrido com elas. Um certo ódio já se manifestava nas feições do menino, que já imaginava que alguém havia roubado as suas armas para uso próprio, algum bandido ou algo do tipo. Mas aparentemente ele estava enganado, após algumas horas de procura, o Samui ouve um barulho metálico, com certeza era sua espada Kusanagi ou alguma kunai que havia se desprendido de sua hip pouch. Ao seguir o som, a situação que o menino encontra era no mínimo curiosa. Quem havia roubado as armas não eram bandidos ou qualquer coisa do tipo, eram macacos, vários macacos das mais variadas espécies estavam se pendurando de um galho a outro acima da cabeça de Ezreal, e um deles carregava a mochila do menino com os equipamentos que estavam ali guardado. Num rápido movimento, Ez toma a bolsa do macaco que havia roubado ela. Agora com suas armas em mãos, ele poderia voltar a percorrer aquela entediante viagem.
Algumas horas de viagem e Ezreal finalmente se aproximava da aldeia, algumas casas podiam ser vistas de longe denunciando que ali era o lugar. O Uchiha adentra a vila sem chamar muita atenção e imediatamente vai falar com a suposta líder do local. Ela era um velhinha de mais ou menos 80 ou 85 anos de idade. Ela certamente havia vivido bastante coisa e poderia ensinar bastante coisa para aquele garoto tão pouco vivido. Com muita calma e educação, o garoto que era estrangeiro para o local, pediu para que a senhora lhe ensinasse alguma coisa. A mulher apenas riu, e disse que seria uma honra ensinar alguma coisa à aquele ninja de elite que já era um especialista na área. Ezreal retribuiu o sorriso e ambos foram para um campo de treino que existia na pequena e simpática vila da senhora.
O primeiro jutsu que seria ensinado seria o Nehan Shouja no Jutsu, um jutsu capaz de fazer várias pessoas no local dormirem. A senhora demonstrou uma vez e fez Ezreal completamente apagar, mas ele foi logo acordado por ela depois. Depois da demonstração, a senhora deu as devidas instruções para o menino também realizar o jutsu com perfeição. O começo do treinamento não parecia dar muitos frutos, Ezreal não conseguia executar o genjutsu de forma alguma, mas depois de algum tempo, o menino finalmente estava executando a técnica com perfeição.
O segundo jutsu que seria aprendido pelo menino seria o Jinshin no Jutsu, que se usado corretamente, poderia até mesmo matar um oponente. O procedimento a ser seguido nesse jutsu foi parecido com o primeiro. A senhora demonstrou o jutsu no menino, sem mata-lo, lógico; E depois deu as instruções para o menino replicar o jutsu que havia acabado de ver. Com muito esforço, treino e suor, o jutsu também foi dominado pelo Uchiha.
O último jutsu a ser aprendido era o Kamira no Genjutsu, esse era ainda mais forte e poderia matar um inimigo com facilidade. Pela última vez, o procedimento foi repetido e após algumas horas de treino, Ez finalmente havia dominado este poderosíssimo genjutsu. Após este último jutsu, a matriarca do local disse que o treinamento do menino ali estava terminado.
Ezreal havia terminado sua estadia no local, ele agradece a senhora que havia o treinado e as pessoas que haviam recebido ele com muita simpatia. Após o treinamento, Ezreal parte de volta para Kumogakure, mas desta vez muito mais forte.
Local do treino: Vários locais por aí.
Número de Treinos na semana:3/7
Objetivo do Treino: T R E I N A R
Jutsu Aprendido:
Jutsus:

Nehan Shouja no Jutsu
(Técnica Ilusória da Inconsciência)
Quem Usa:
 Kabuto Yakushi, Yuuhi Kurenai e Uchiha Itachi
Rank: B
Selos: Tigre
Descrição: Técnica de Genjutsu que faz várias pessoas entrarem num estado de inconsciência.



Jinshin no Jutsu
(Enforcamento Pelo Tronco)
Quem Usa:
 Yuuhi Kurenai
Rank: B
Selos: Bode, cavalo, cachorro, boi, javali e tigre.
Descrição:
Após realizar os selos de mãos, o Shinobi (Ninja) desaparece em um 
vendaval. O mesmo se aproxima do inimigo e o prende em meio à uma 
árvore, depois ele aparece em frente ao alvo transformando seus braços 
em troncos, matando o inimigo por enforcamento ou o deixando imóvel e 
fazer este ficar inconsciente.



Kamira no Genjutsu
(Técnica Ilusória da Kamira)
Quem Usa:
 Kamira
Rank: A
Primeira Aparição: Naruto Filme 2
Descrição:
Kamira fará com que a área ao redor do alvo a ser envolvido pela 
escuridão. Uma vez dentro do espaço negro, o inimigo vai ver figuras 
grotescas e depois vai ser torturado pelas vítimas anteriores da 
técnica. Essas monstruosidades vai estender a mão e agarrar o alvo. Ele,
então, vai ser jogado para o vazio à mercê de um dragão espectral. O 
oni horrível pode até se estender do próprio corpo para atacá-lo. 
Enquanto a vítima está com medo e choque, Kamira sufoca e mata o alvo.
Números de Palavras: Nos treinos
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus




Thanks James Sullivan,Edited by Ezreal © CG

81 Re: [Treino] Ezreal em Seg 26 Out 2015, 21:16

App

82 Re: [Treino] Ezreal em Sex 30 Out 2015, 19:30

Local do treino: Campo de treino em Kumo 
Número de Treinos na semana:5/7
Objetivo do Treino: treinar, dur
Jutsu Aprendido:
Jutsus:

Mizu Kawarimi 
(Substituição do Estilo Água)
Quem Usa: Shizuku
Primeira Aparição: Naruto o Filme 4: A Morte de Naruto
Rank: C
Descrição: O ninja transforma seu corpo em água para desviar de ataques e pode ser mover mesmo no estado líquido, de uma maneira similar ao Suika no Jutsu.



Kirigakure no Jutsu
(Técnica de Ocultação na Névoa)
Quem Usa: Zabuza Momochi, Hatake Kakashi, Kisame Hoshigaki, Itachi Uchiha e Mei Terumī
Primeira Aparição: Capítulo 12
Nota: Mostrado por Mei Terumi, que pode-se expelido pela boca sem a necessidade de selos manuais
Rank: D
Descrição: Esta técnica de deslocamento é uma especialidade dos ninjas de Kirigakure, onde se cria uma névoa levantando um pouco de água a partir de qualquer fonte existente ou jogando pela boca, eles entram e saem do campo de visão à vontade. A espessura da névoa é controlada pela quantidade de chakra acumulada dentro dela. Ele não pode enganar o Byakugan, mas, devido ao nevoeiro que está sendo criado com o chakra do usuário, qualquer usuário do Sharingan e do Rinnegan verá a cor do chakra do oponente espalhada na névoa, o que possibilita o usuário da técnica se esconder dos usuários de doujutsu.
Números de Palavras: Nos treinos
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus
QUICK TRAINING

(400 PALAVRAS)
Ezreal já era muito familiarizado com o kawarimi no jutsu, que é um jutsu básico e qualquer estudante sabe fazer. Mas agora, ele sentia que precisava de um novo tipo de substituição, para usar quando o kawarimi não fosse possível. Pesquisando na biblioteca, ele chegou à conclusão de que o melhor a se fazer era treinar um kawarimi do estilo suiton, conhecido como Mizu Kawarimi. Nele, ao invés de ser substituído por um tronco, o ninja é substituído por água, sendo extremamente útil para diversas situações. 
Sem perder tempo, Ezreal pega o pergaminho necessário para o aprendizado e vai até o seu campo de treino. O caminho já era bem conhecido pelo shinobi, que praticamente sempre treinava lá, após algum tempo, ele finalmente chega ao seu destino.
O menino calmamente vai até o centro do seu campo de treino e abre o pergaminho, uma leitura minuciosa foi feita sobre como o jutsu funciona, quais os selos de mão necessários e qual a quantidade de chakra necessária. O Uchiha era bem inteligente e conseguiu assimilar as informações rapidamente, não era estranho pra ele aprender um jutsu do zero, sem o menor conhecimento de como ele funciona. Após a leitura, o shinobi levanta-se, coloca o pergaminho em cima de um tronco e começa a treinar o básico do jutsu, para fazer isso, ele faz um kage bunshin que tentaria o atacar. Os ataques do bunshin eram apenas socos e chutes, para não ferir Ezreal, que estava demorando para dominar o jutsu. Algumas horas se passaram e Ezreal finalmente havia conseguido dominar o  seu novo kawarimi, seu corpo tornava-se água facilmente e aquilo poderia ser bem útil para defender-se de taijutsus por exemplo.
O kawarimi não havia sido o suficiente para o treino daquele dia, sem esperar muito tempo, o Uchiha retorna à biblioteca e pega mais um pergaminho contendo um jutsu do estilo suiton, desta vez seria o Kirigakure no Jutsu, que era capaz de criar uma névoa capaz de anular vários doujutsus e também a visão comum, é claro. O mesmo procedimento que havia sido feito com o outro jutsu foi repetido e o menino começou a treinar novamente, a única diferença é que desta vez não havia um kage bunshin o atacando, pois não se fazia necessário. O menino não demorou muito para aprender aquele jutsu, que era bastante simples. Depois de alguns minutos, o jutsu finalmente havia sido aprendido.

83 Re: [Treino] Ezreal em Sex 30 Out 2015, 19:48

App, c:

84 Re: [Treino] Ezreal em Sab 31 Out 2015, 03:50

Local do treino: Campo de treino em Kumo 
Número de Treinos na semana:6/7
Objetivo do Treino: treinar, dur
Jutsu Aprendido: 
Jutsu:

Raiton - Raikiba no Jutsu 
(Elemento Trovão - Técnica do Canino Relâmpago)
Quem Usa:
 Hatake Kakashi, Minato Namikaze
Rank: A
Nota: Quanto maior o chakra usado, maior o canino fica.
Primeira Aparição: Capítulo 423 Mangá
Descrição: O usuário cria um cão elétrico que ele guia com sua mão direita a um ataque rápido e feroz.
Números de Palavras: Nos treinos
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus


PAM PAM

(504 palavras)
Ezreal descansava tranquilamente em sua casa, chovia com força do lado de fora, raios e trovões assolavam o escuro céu daquela noite. Entediado, o Uchiha vai até a janela para ver o que se passava do lado de fora. Ao olhar pela janela, ele avista um cachorro andando pela chuva, sofrendo com todos aqueles raios e a chuva que caía. Algo estranho ocorreu então, um raio atingiu o cachorro, e o desintegrou automaticamente, mas não sem antes fazer uma forte luz do impacto dos dois, a luz tinha o formato de um cachorro. Aquela imagem chocou o menino em sua casa, que ficou com muita pena do cachorro, além de intrigado com a luz que se formou antes de ele morrer.
Um novo dia havia chegado, Ezreal andava tranquilamente até o seu campo de treino. Ele passava pelo meio da vila com apenas um pensamento em sua cabeça, aprender um jutsu que homenageia-se aquela cachorro, ou pelo menos trouxesse a imagem dele novamente. O jutsu que o Uchiha encontrou para suprimir essa sua vontade foi um jutsu chamado Raikiba no Jutsu, um jutsu de raio que formava um canino feito de raios que é guiado pela mão do usuário. O lugar aonde ele poderia encontrar o pergaminho com o jutsu era na biblioteca da vila de Kumogakure no Sato, e foi pra lá que ele rumou antes de ir até o seu campo de treino. O pergaminho foi encontrado com facilidade, aparentemente não havia sido escrito já muito tempo, até porque estava bem mais novo que os outros pergaminhos do local. 
Após pegar o pergaminho, Ezreal ruma até o seu campo de treino, chegando lá em pouco tempo. Ao chegar no local aonde treinaria, o Uchiha faz uma rápida leitura do pergaminho e seus detalhes. Após fazer isso, ele pega alguns troncos e sacos de areia e posiciona de modo a ficar próximo do tamanho médio de uma pessoa adulta. Após empilhar o seus "alvos" o menino faz os selos de mão que se encontravam no pergaminho e começou a tentar executar o jutsu. As primeiras tentativas foram relativamente falhas, ele não estava conseguindo concentrar o chakra no canino com perfeição, mas depois de algumas tentativas, o cão finalmente começou a se formar, mesmo que uma forma levemente primitiva. A repetição daquela técnica durou muito tempo, o treinamento estava difícil mas não era nada que fizesse com que o Samui desistisse. Após algum tempo, coisa de horas e horas, o canino feito de raios finalmente estava se formando com perfeição e cumprindo seu objetivo com perfeição, dilacerando completamente os alvos que o menino havia preparado. Ezreal ficou muito feliz com o resultado de treinamento, a imagem do cachorro formou-se na sua mente enquanto ele lançava a técnica mais uma vez para confirmar que ela havia sido dominado, um sorriso formou-se em seu rosto e uma sensação de leveza e redenção instaurou-se na aura do Samui. Após terminar este treinamento, Ezreal senta-se em seu campo de treino e tira um cochilo de satisfação e exaustão.

85 Re: [Treino] Ezreal em Sab 31 Out 2015, 08:06

@Treinamento Aceito!

86 Re: [Treino] Ezreal em Sab 31 Out 2015, 13:12

Local do treino: Campo de treino em Kumo 
Número de Treinos na semana:7/7
Objetivo do Treino: treinar, dur
Jutsu Aprendido: 
Jutsu:

Katon - Onidourou
(Elemento Fogo - Lanterna do Demônio)
Quem Usa: Muku, Ryuuzetsu
Rank: B
Primeira Aparição: Shippuuden Filme 5: Blood Prision.
Descrição: Esta técnica consiste em fazer diversas cabeças de deônios ao redor do usuário. Assim as cabeças de demônios podem ser lançadas nos adversários e guiadas para não deixar que fujam. Cada cabeça explode em chamas ao acertar o alvo.
Números de Palavras: Nos treinos
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus

AIN'T NO REST FOR THE WICKED


(255 palavras)
Havia pouco tempo que Ezreal havia terminado seu último treinamento, mas a urgência para se tornar mais forte não poderia esperar e o Uchiha estava pronto para treinar outro jutsu. Desta vez, ele iria treinar um jutsu de um elemento que ele é especialista, ele iria treinar o Katon - Onidourou, que era capaz de formar cabeças de fogo poderosíssimas que perseguiam o inimigo, era uma técnica realmente impressionante em todos os aspectos. Seria uma adição muito valiosa ao arsenal do Samui.
Sem enrolar muito, o menino vai até um velho galpão que ficava no tempo dos Uchihas, lá ele encontrou vários pergaminhos contendo instruções de como usar diversos jutsus, incluindo o que ele procurava. Após achar o pergaminho que ele queria, ele pega o pergaminho e vai até o seu local de treinos para ter espaço para treinar o jutsu. 
Após algum tempo caminhando, o menino finalmente chega até o campo de treinos, como era de praxe para o treinamento de jutsus, ele senta-se em um tronco que ficava no enorme campo de treino e começa a ler o pergaminho, que foi facilmente entendido pelo Uchiha. Após a leitura, o garoto começou a praticar o jutsu por alguns minutos. O jutsu era muito parecido com outros que ele tinha, então o aprendizado dele foi extremamente fácil e em pouco tempo o Samui havia dominado o jutsu completamente. Os treinos do menino pela semana estava completos, sem perder mais tempo ali, ele ruma para o campo de testes, aonde iria avaliar uma ninja da vila.



Última edição por Ezreal em Sab 31 Out 2015, 14:21, editado 2 vez(es)

87 Re: [Treino] Ezreal em Sab 31 Out 2015, 13:58

Já possui o jutsu que treinou, ;-;

88 Re: [Treino] Ezreal em Sab 31 Out 2015, 14:21

@editado
adsjaklshdnjklafnmadladkasnkldnasndask
tinha esquecido, esses jutsu de fogo é tudo igual.

89 Re: [Treino] Ezreal em Sab 31 Out 2015, 14:33

@App, hheuheuehe

90 Re: [Treino] Ezreal em Qui 05 Nov 2015, 20:43


MY DEAR FRIEND


A HISTÓRIA DE COMO EU PERDI TODA A MINHA AUTO-CONFIANÇA PT1
treino do susano'o + treino de status

Eu costumava ser bem confiante, sabe? Não tinha dúvidas quanto às minha escolhas e tudo parecia ocorrer bem, mesmo quando estava mal. Até que um dia, um dia foi o suficiente, eu botei tudo à perder. Não tenho explicações ou desculpas, a culpa foi completamente minha e eu devo assumir, pelo menos é o que eu continua repetindo para mim mesmo. Essa história se passou à algum tempo atrás, mais do que eu gostaria de lembrar, e eu ainda era jovem e idiota, mas a história se passa mais ou menos assim.
Eu acho que era um domingo, é, definitivamente era um domingo, eu sofria com uma insônia muito forte e passava o dia inteiro com uma cara de morto inconfundível, era quase uma marca minha. E por conta da insônia, às vezes eu acabava fazendo coisas que eu não queria por simplesmente não pensar direito, o sono tomava conta do meu subconsciente. Mesmo assim, eu me considerava extremamente feliz e confiante, pois quando eu me encontrava dentro do meu estado normal de mente, eu costumava fazer decisões completamente perfeitas e era muito feliz. Andando pela rua, eu encontro um amigo que eu não via fazia bastante tempo, ele havia engordado e estava com o cabelo levemente diferente, mas aquilo não importava naquela situação.

- O-Oi Jessy, há quanto tempo. - Eu estava meio tímido quando disse isso, fazia bastante que o não via
- Ezreal! Quanto tempo que não o vejo, estás diferente, cortou o cabelo?
- Nah, ele está até maior na realidade, talvez um pouco mais repicado, não presto muita atenção nisso. E você, está mais gordo ou é impressão minha?
- É, eu ganhei um pouco de peso, Ella morreu sabe? E desde que ela morreu, bem, meus filhos não me olham do mesmo jeito que olhavam antes, é realmente algo inimaginável perder quem ama... - Ella era a mulher dele, era uma pessoa muito amável e carinhosa, fiquei sabendo que morreu em uma missão meio perigosa, que mundo cruel o que vivemos...
- Meus pêsames cara, ela era uma ótima pessoa, sentirei a sua falta. - Enquanto eu dizia isso pra ele, eu me lembro de ter olhado por alguns segundos para o anel que pertencia à Debu, talvez a única pessoa que amei de verdade. Ver alguém morrer havia se tornado rotina para nós, ninjas, mas ver alguém próximo morrer ainda é algo que nos afeta profundamente. Talvez nós realmente sejamos muito egoístas, afinal, nós nem ao menos nos importamos quando matamos alguém, não pensamos nos sonhos que esta pessoa tinha, na família, nos amigos, é realmente uma merda ser um shinobi.
- Obrigado cara, significa muito pra mim. Mas então, como vai a vida? Fiquei sabendo que você agora faz parte da ANBU. - Os boatos realmente corriam rápido. Não havia muito tempo que eu havia me tornado parte da ANBU e todo mundo já sabia que eu estava fazendo parte da organização, será que é tão difícil assim esconder alguma coisa do povo?
- É, eu fui promovido, eles me nomearam líder de lá... - Eu me lembro de dizer isso com uma voz meio baixa, não queria anunciar pra todo mundo que agora eu era líder de uma organização secreta, não era algo inteligente à se fazer.
- Parabéns, cara!! Eu sabia que você chegaria lá! Você é realmente forte hein, talvez você devesse me dar alguma aulas. - A minha discrição tinha sido em vão, Jessy realmente gostava de gritar.
- Hehe, quem sabe. Você é muito forte também, cara! Mais auto-confiança, você chega lá. - Ele não era forte de verdade, ele era um chunnin que sempre sonhou em ser alguém com um cargo realmente importante na vila, mas jamais foi forte, ele simplesmente não possuía nada que o destacasse dos demais, ele era comum demais para ser um Jounnin por exemplo.
- Obrigado, cara! Foi muito bom te ver, mas agora eu tenho que ir, um abraço!
- Até mais....
Ele finalmente havia se retirado. Eu não queria dizer para ele, mas ele cheirava à álcool e cigarros, talvez tivesse entrado na depressão depois que sua mulher morreu, mas eu não podia debochar dele, as minhas olheiras e minha falta de sono também eram lamentáveis. 
Sem pensar muito sobre a conversa que eu havia acabado de ter, continuei meu caminho. Me lembro de ter encontrado alguns conhecidos, mas apenas essa conversa me vem em mente, talvez por encontrar alguém que eu não via há muito tempo, ou talvez por simplesmente eu ter me impressionado com o estado deplorável dele.
Eu finalmente cheguei até meu destino, o gabinete da Raikage. Ela era realmente próxima à mim e fazia tempo que eu não a via. O dia estava calmo e não havia motivos para eu não ir encontra-la. Ao chegar no local, bati na porta do gabinete e fui recebido por ela.
- Com licença, posso entrar? - Eu me lembro de estar um pouco tímido nesta hora, fazia tempo que eu não via ela, não seria nada educado entrar de supetão.
- Pode entrar. - Me lembro de ela ter dado um sorriso ou ao menos era o que parecia. - Ezreal....que bom vê-lo de volta.
- Como vai? Achei que seria bom ver você, fazia tempo que não passava por aqui... - A Raikage também parecia feliz em me ver, eu fiquei por lá e nós conversamos por alguns minutos, mas ela tinha assuntos importantes à tratar e eu tive de me retirar. Tudo bem, talvez fosse a hora de eu tentar dormir, o céu já estava escuro e uma chuva fria estava começando a cair do céu. Desde pequeno eu sinto uma certa admiração pela chuva, eu amo ela de todos os jeitos possíveis, então não foi trabalho nenhum para mim tomar aquela chuva até chegar em casa. Meus passos muitas vezes acertavam poças que acabavam molhando ainda mais minhas vestimentas com seus respingos. Entretanto, eu não me importava, eu estava com tanto sono que eu já estava agindo no piloto automático, meu caminho até minha casa passou em um piscar de olhos. Eu finalmente estava em casa.
Não tinha muitas coisas à se fazer ao chegar em casa, eu apenas tomei um banho quente para evitar resfriados após tomar aquela chuva fria em minha cabeça, me lembro também de ter comido alguma coisa, mas não me lembro bem o que foi ao certo. Os preparativos estavam feitos e eu finalmente havia deitado em minha cama, ela estava quente, macia e confortável. O dia estava chuvoso e minha casa estava quente, parecia o cenário perfeito para dormir como um anjo. Todavia, a minha insônia começou a agir novamente. Eu simplesmente não conseguia cair no sono, horas e horas se passavam, o relógio parecia rir de mim. Pupilas dilatadas e ressecadas, minha boca estava seca e eu não sentia o meu rosto direito, eu simplesmente já não conseguia mais pensar direito. Já havia passado do ponto de delírio há muito tempo, era a quarta noite seguida que eu não conseguia dormir. Pelo menos não havia conseguido ainda, pois após longas e tortuosas horas, eu finalmente consegui dormir. Ah, como era boa a sensação de dormir depois de tanto tempo, era quase como o paraíso.
Com os meus olhos fechados e minha mente finalmente podendo descansar, eu comecei a sonhar, sonhos bizarros e sem nexo algum, até que finalmente eu cheguei num pesadelo que me fez querer parar a minha tão preciosa noite de sono por ali. Eu vi minha amada Debu de volta à vida, ela estava comigo, ela me confortava e me dizia o que fazer, era o melhor sonho da minha vida. Mas algo ocorreu, nós andávamos pela rua principal de Kumo em meu sonho, quando um flash ocorreu. Eu olhei para o lado e vi Debu morrer do mesmo jeito que havia morrido na realidade, aquilo já mexeu comigo instantaneamente, mas a tendência era piorar. Outro flash, outra vez nós dois andando pela rua, outro flash, eu vi Debu morrer de outro jeito, aquele ciclo maldito se repetia, de novo e de novo, eu simplesmente não conseguia mais me conter, e acordei gritando e extremamente assustado. Quando eu olhei no relógio, me lembro da decepção, menos de uma hora havia passado. As pupilas dilatadas, a boca seca, o rosto dormente, tudo estava lá de novo. A minha mente simplesmente estava começando a falhar, eu precisava de mais horas de sono, mas eu não consegui ter elas.
A noite se passou e mais um dia havia começado sem uma noite do sono apropriada por minha parte. Era até mesmo triste, eu simplesmente não funcionava mais da mesma forma por simplesmente não poder dormir. De qualquer jeito, eu me arrumei para sair de casa e algo estranho aconteceu. Um flash, um branco, uma passagem esquisita ocorreu, eu simplesmente estava no meu campo de treino, mas eu não lembrava de nada que havia ocorrido. De qualquer forma, eu aproveitei que estava lá e comecei a treinar; O jutsu escolhido para ser treinado naquele dia era o Susano'o, eu já dominava ela há algum tempo e agora eu queria dominar ele completamente. Ativei meu Sharingan e comecei a invoca-lo e tentar fazer com que ele evoluísse de forma. Após algumas horas de treinamento eu finalmente conseguia fazer o Susanoo'o ser invocado em seu segundo estágio. Eu continuei treinando para tentar alcançar a próxima forma, mas de repente eu senti uma forte dor no olho e apertei minha mão conta ele, eu só não esperava por uma coisa, aquilo ocorreu de novo. Um clarão, um branco, um apagão em minha memória e novamente eu havia mudado de localização. Desta vez eu estava em um bar, tomando um vinho.
Eu estava sozinho, quase que literalmente sozinho. As únicas pessoas que estavam naquele bar eram eu e o atendente. Eu provavelmente já devia estar ali bebendo há algum tempo, pois eu me encontrava levemente bêbado e com apenas meia garrafa de vinho em minha mão, vinho muito barato por sinal, não era algo que eu beberia normalmente. O que seria aqueles apagões, falta de sono? Meus olhos fechavam quase que sozinhos as vezes, eu simplesmente não consegui controlar. Eu estava fazendo o que eles chamam de "pescar", eu dormia de pé, mas se eu tentasse dormir os resultados eram desastrosos. De qualquer forma, eu terminei a garrafa de vinho que estava em minha mão, afinal, eu não iria joga-la fora, não é?
Outro clarão, eles nunca paravam, desta vez eu estava em minha cama, deitado, pronto para dormir. Será que era isso que eu deveria fazer desde o começo? Provavelmente, mas eu era simplesmente muito displicente para fazer isso. Após alguns minutos, incrivelmente, eu havia caído no sono, a noite prometia ser boa. Os meus sonhos não traziam nenhuma ameaça, até que um Dejavú ocorreu. A mesma cena que envolvia a mim e a Debu estava se passando novamente. Eu já estava preparado para ela morrer, mas algo pior ocorreu, Debu se virou para mim e começou a me culpar por tudo que havia ocorrido com ela, ela começou a me punir por tudo que eu havia feito e por tudo que eu não havia feito. A pressão era demais para mim, inconscientemente, eu ativei meu Mangekyou Sharingan e meu Susano'o, que desta vez estava em seu terceiro estágio, quando eu acordei assustado. O Susano'o provavelmente evoluiu graças à emoção forte que eu havia sentido naquele momento. Eu acordei extremamente irritado naquela manhã, meu estado mental era uma montanha russa indo para baixo, eu estava simplesmente acabado e minha cabeça estava destruída. Eu precisava falar com alguém, a primeira pessoa que veio na minha cabeça foi a Raikage, e eu me dirigi para falar com ela. Entretanto, eu fui surpreendido por uma pessoa no meio do caminho, uma pessoa que provavelmente estava até mesmo pior que eu, Jessy.
- Jessy, Jessy! - Eu chamei ele de longe, ele provavelmente não tinha me visto ainda.
- Ezreal?
- Jessy, eu preciso falar com você. - Eu precisava desabafar com alguém, e alguma coisa me dizia para desabafar para aquele homem.
- Ahn? Diga o que está havendo, eu farei de tudo para lhe ajudar. - Ele realmente sabia como me acalmar, só o fato de eu poder contar com ele já me deixava mais tranquilo.
- Ufa, que bom que você pode me ouvir. O que está acontecendo é o seguinte.... - Eu expliquei minha situação para ele, não acho necessário ficar citando o que eu disse, vocês já sabem o que ocorreu
- Hm, interessante. - Ele parecia meio pensativo - Insônia com pesadelos. Bem, eu não sou nenhum especialista nesse tipo de coisa, mas me parece óbvio que você precisa de ajuda psicológica. Isso não é natural de forma alguma, eu não posso te ajudar, mas talvez você conheça alguém que possa. - Droga! Não era aquilo que eu queria ouvir, eu precisa de ajuda, não de alguém para me mandar procurar um psicólogo.
- Ahn, ok. Obrigado, eu acho. - Eu estava extremamente decepcionado com aquilo, não era o que eu esperava, mas não tinha o que se fazer naquele momento.
Sem conseguir extrair nada de concreto daquela conversa, eu segui o meu caminho rumo ao gabinete da Raikage, mas antes de ir, eu dei uma rápido olhada para Jessy. Ele realmente estava acabado, ele não era o mesmo homem que eu conheci, ele sim tinha problemas. Me senti até meio mal por ele, mas eu precisava cuidar dos meus próprios problemas naquela instante, ficar me lamentando por ele não ajudaria ambos em nada. Eu já estava quase chegando no gabinete quando tive mais um clarão. Aquela era possivelmente a pior hora para eu ter um apagão, eu simplesmente acordei em uma cama, em um hotel barato. O bizarro é que eu estava nu. O que havia ocorrido? Eu estava sozinho no quarto, então eu não tinha nem ao menos à quem perguntar. Mas uma sandália no chão denunciava que alguém esteve lá comigo. Quem seria? Talvez eu nunca irei saber, mas algo bizarro havia ocorrido. Sem pensar muito, me vesti e desci até a recepção do hotel, ao chegar lá, percebi que o hotel estava vazio. Fazia muito tempo que eu não havia visto algo do tipo, o hotel parecia um hotel fantasma, não havia nenhum sinal de vida no andar da recepção e as luzes estavam completamente quebradas. Aquilo definitivamente não era bom sinal. Como eu havia ido parar ali? Na minha cabeça as peças já estavam começando a se juntar para alguma coisas, por exemplo, quando eu tinha os apagões eu continuava agindo, só sem a consciência do que eu estava fazendo. Entretanto, eu não fazia a menor ideia do que eu tinha feito nesse tempo em que eu estava fora de mim. Um barulho extremamente alto veio de um dos corredores do local, era barulho de vidro caindo. Mas o que era aquilo? Eu me lembro de ter ativado meu Sharingan imediatamente ao ouvir aquele barulho e ir correndo até o local, ao chegar lá, não havia sinal de vida no local, apenas uma garrafa de vinho no chão, quebrada. O mais curioso é que a garrafa era igual a aquela que eu tinha tomado quando eu havia apagado. Por um momento, pensei que estava dentro de um genjutsu, mas logo percebi que era apenas paranoia minha, pois nenhum método de sair de genjutsus funcionava. A minha cabeça estava cada vez mais confusa, eu estava beirando um colapso nervoso. Foi quando eu finalmente me senti como um completo maluco, me deitei no chão do hotel e desmaiei. Desmaiei completamente, me sucumbi ao sono que me castigava por todo aquele tempo, dessa vez sem acordar. A única grande surpresa para mim, foi acordar em outro lugar completamente diferente.
Desta vez eu estava de volta a minha casa, o hotel havia simplesmente desaparecido, ou seria eu que havia me movido? Com muita calma, eu me retirei da minha casa e fui olhar como estava a cidade. Já era noite, eu estava impressionado como aparentemente todo hora que eu saía de casa era noite, parecia que o dia não iria vir nunca. Pra piorar, uma forte chuva começou a cair impiedosamente. Várias pessoas que estavam na rua se incomodaram com a chuva e procuravam abrigo, mas não eu, eu estava adorando aquela fortíssima chuva, era como se ela lavasse a minha alma. Eu sentia todo o peso dos últimos dia sendo levado pela água. Quando eu passei a mão no meu rosto para retirar a água, eu percebi um fato interessante, eu estava sem as olheiras que costumam me acompanhar. Será que todos aqueles apagões tinham feito minha olheiras sumirem? Era uma possibilidade. De um jeito ou de outro, eu não poderia ficar ali zanzando para sempre, eu precisava descobrir o que havia acontecido comigo. Eu fui correndo até um local aonde vários sábios de Kumogakure no Sato se reuniam, talvez um deles pudesse me ajudar. Ao chegar lá, fui surpreendido por algo no mínimo curioso, não havia ninguém lá. O lugar era extremamente cheio na maior parte do tempo, mas naquele dia, não havia ninguém lá. Me lembro que na hora me convenci que era por causa da chuva, mas não acreditava que fosse por conta disso. Depois, saí de lá e fui em direção ao gabinete da Raikage, Hinara com certeza teria algo que pudesse me ajudar à descobrir o que havia acontecido. Ao chegar lá, um jounnin responsável me disse que ela tinha saído acompanhada de alguém ontem e não havia voltado ainda, ele disse que não estava no dia e não sabia quem era que acompanhava a moça. Que droga, agora eu estava me sentido mais abandonado ainda. Sem rumo, resolvi ir até meu campo de treino, talvez treinar alguma coisa me acalmasse. Ao chegar lá, eu simplesmente não conseguia treinar direito, a raiva que crescia dentro de mim contra o mundo me impedia de fazer algo por mais de três minutos. Eu sentia que minha depressão e minhas tendências suicidas estavam voltando com tudo, eu realmente não estava psicologicamente bem. Não era segredo pra ninguém que eu tinha problemas meio sérios em relação ao meu estado mental, mas já fazia bastante tempo que eu não sentia nada. Aqueles eventos que estavam ocorrendo fizeram com que minha saúde fosse abalada novamente, eu precisa de ar. E eu também precisava descansar, infelizmente, a hora não seria agora. Num impeto de raiva, meu selo amaldiçoado começou a se espalhar pelo meu corpo e meu psicológico começou a ser dominado por aquele selo. Eu imediatamente comecei a descontar minha fúria no campo de treino. Primeiramente com um Chidori Senbon que serviria para destruir alguns equipamentos, mas graças ao selo amaldiçoado, ele assumiu outra forma e causou um estrago muito maior. Após destruir algumas coisas, a minha fúria apenas aumentou, eu me lembro de ter feito alguns selos de mão e lançado um jutsu de fogo que deu conta de acabar com boa parte do campo de treino, era um jutsu até então novo para mim, mas o fato de ele se parecer com outros jutsus de fogo fez com que ele saísse naturalmente. Após destruir meu campo de treino, eu caí no chão exausto, tudo estava acabado, pelo menos era o que eu achava.
Outro clarão, outra luz branca, outro flash e eu estava de volta ao hotel. Desta vez sozinho no quarto, sem sandálias ou marcas de que alguém estava comigo, também não estava nu. O que havia acontecido? Eu achava que tinha me libertado dos clarões quando eu tinha dormido no chão do hotel. Eu não acreditava que todos aqueles clarões ainda iriam me perseguir. Mas aparentemente aquilo só estava começando, e aquele estranho e velho hotel tinha alguma coisa a ver com isso.

Jutsu aprendido:

Obs: Recuperei meu Juuin graças a nova regra sobre o Sasuke
Estes estágios do Susano'o foram aprendidos, é necessário apenas junta-los com o primeiro estágio:

2º Estagio (Incompleto): Quando os usuários ganham controle adicional, musculatura e pele começam a aparecer na superfície de seus ossos, que completam progressivamente a estrutura do esqueleto completo. É somente quando o crescimento do Susanoo está totalmente amadurecido e, portanto, o usuário está completamente cercado, que as vulnerabilidades da forma de esqueleto são eliminadas.
- Necessário Mangekyou Sharingan;
- Não precisa de preparação;
- Para liberar a técnica gasta 250 de Chakra;
- Custa 150 de Chakra adicionais por vez que usar;
- Consome 100 de HP por uso;
- Dura 4 posts, após isso tem que se ativar novamente;
- Pode defender ataques até Rank A;
- Seus ataques possuem o Rank A;
- Seu ataque se estende até 10 metros;
- 600 palavras para se treinar;


3° Estagio (completo):  Por fim, o Susanoo se desenvolve em uma forma guerreira "completa", onde a sua pele, armadura e arsenal de armas final se manifestam em sua totalidade. Nesta fase, pode ancorar o usuário no chão, impedindo os adversários violentamente movendo-os a menos que possam atravessar as várias camadas de Susanoo.
- Necessário Mangekyou Sharingan;
- Precisa de 1 post de preparação;
- Para liberar a técnica gasta 450 de Chakra;
- Custa 200 de Chakra adicionais por vez que usar;
- Consome 200 de HP por uso;
- Dura 3 posts, após isso tem que se ativar novamente;
- Pode defender ataques até Rank S;
- Seus ataques possuem o Rank S;
- Seu ataque se estende até 10 metros;
- 750 palavras para se treinar;

Jutsus aprendidos:

Habateku Chidori Senbon
(Mil Pássaros de Agulha Corrompidos)
Quem Usa:
 Uchiha Sasuke
Rank: S
Nota: Sasuke Uchiha não utiliza mais esta técnica por não possuir mais o selo amaldiçoado.
Descrição:
Assim como Habateku Chidori é outra versão poderosa do Chidori, usada 
somente na luta contra Deidara quando Sasuke estava no Juuin nível 2, 
diferente de sua versão original o Habateku Chidori Senbon tem seu dano 
extendido dez vezes mais que Habateku Chidori.



Daiendan 
(Grande Explosão de Fogo)
Quem Usa: Jiraiya
Rank: A
Primeira Aparição: Episódio 131 Shippuuden
Descrição: Técnica que gera um poderoso jato de fogo. Comparado com uma bomba incendiária de energia 10 vezes maior. Quem e atingido no meio desta técnica morrera instantaneamente, enquanto uma curta exposição pode causar queimaduras muito elevadas.



Thanks James Sullivan,Edited by Ezreal © CG



Última edição por Ezreal em Sab 07 Nov 2015, 14:42, editado 1 vez(es)

91 Re: [Treino] Ezreal em Sab 07 Nov 2015, 23:58




JUTSUS APROVADOS


#Aprovado - 272 Pts

Avaliação:

Pontos Positivos:
- Boa ambientação e detalhamento.
- Boa ortografia.
- Boa divisão de parágrafos.
- Ótima noção sobre escrita e Narração.
- Boa formatação.
- Amo seus gifs.
- Narração Coerente.
- Bom desenvolvimento.
- Bom Tempo Verbal.
- Enredo bem construído.
- Boa história. (se original)
- Só porque tô te querendo...(brincadeira)

Pontos Negativos:
- Alguns erros de concordância.
- Algumas palavras repisadas em sequência.


Considerações:

Avaliei criticamente o treino de forma impessoal para que seja um sistema justo.
Lembrando, caso haja alguma duvida sobre os quesitos mencionados basta perguntar, estarei apto a esclarecedor quaisquer pontos avaliados acima. E caso me encontre equivocado, a nota será atualizada de acordo.

OBS: Esse será o padrão de Avaliação de Status sempre.

92 Re: [Treino] Ezreal em Dom 08 Nov 2015, 18:18

Local do treino: Campo de treino em ruínas em Kumo 
Número de Treinos na semana:7/7
Objetivo do Treino: treinar, dur
Jutsu Aprendido: 
Jutsus:

Uchiha Kaenjin
(Acampamento da Chama de Batalha Uchiha)
Quem Usa: Uchiha Obito
Rank: B
Primeira Aparição: Mangá 596.
Descrição: Depois de manifestar pequenas chamas em cada dedo de uma das mãos, o usuário, em seguida, bate a palma da mão no chão, resultando na criação de uma barreira cilíndrica envolvendo um local de sua escolha, protegendo qualquer coisa contida dentro e queimando tudo o que entra em contato com o exterior da barreira.


Ansatsu Jutsu
(Técnica Assassina)
Quem Usa: Aburame Torune
Rank: D
Primeira Aparição: Shippuuden 317
Descrição: Uma técnica da Raiz da ANBU onde o usuário ataca o adversário com uma série de golpes com a espada tradicional deles.


Oiroke no Jutsu
(Técnica Sensual)
Quem Usa:
 Uzumaki Naruto, Konohamaru, Moegi, Udon 
Rank: E 
Selos: bode 
Primeira Aparição: Episódio 1 Naruto Clássico 
Descrição: Inventado por Naruto, essa técnica é o Henge no Jutsu com outro nome. Ao invés de virar outra pessoa, ele vira uma mulher nua. 
Números de Palavras: Nos treinos
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus


TÁ TROLANDO, CTZ
(550 palavras)
Ezreal recuperava-se de seus últimos treinos, entretanto, não havia tempo a se perder dado a atual situação da vila aonde morava. Sem perder tempo, o samui sai de sua casa, empunhando sua espada kusanagi, pois pretendia treinar um kenjutsu. Após alguns minutos, o menino finalmente chega no seu campo de treino, que estava levemente destruído graças a acontecimentos anteriores. O garoto dá uma respirada profunda e pega alguns equipamentos para executar seu treinamento. Alguns sacos foram empilhados sobre as ruínas do lugar para formar uma espécie de boneco aonde o garoto poderia treinar o seu kenjutsu. O Uchiha rapidamente tira a sua kusanagi da bainha e começa a treinar o kenjutsu que estava em sua mente. O menino era muito rápido e não demorou muito para que ele conseguisse executar sua técnica com perfeição, o nome do kenjutsu aprendido era Ansatsu Jutsu e era uma técnica muito usada pela ANBU. A técnica consistia em vários ataques rápidos com a espada que empunhava, era uma técnica muito forte e poderia ser usada de várias maneiras diferentes. A próxima habilidade que o Uchiha aprenderia era um técnica tipica dos Uchiha, era uma técnica de fogo que consistia em formar uma barreira feita de chamas para bloquear ataques e queimar aquilo que tentasse atacar o usuário da técnica, era uma técnica muito forte e versátil e se encaixaria muito bem no arsenal do líder ANBU. O garoto já havia pego o pergaminho na sala de pergaminhos da sede de seu clã e estava pronto para aprender a habilidade, antes de começar a prática, o menino leu o pergaminho de cabo a rabo para ter a noção da teoria daquele técnica fantástica. Após a leitura do pergaminho, o garoto foi até o centro do seu campo de treino destruído e fez um clone das sombras para auxilia-lo, o clone iria tentar atacar Ezreal que usaria a técnica para tentar se defender. Assim o treino começou e após vários ataques bem sucedidos o menino finalmente conseguiu executar a técnica com perfeição e defender-se do ataque do clone. Após terminar aquele treino, o garoto encostou-se em umas pedras que estavam largadas no meio do campo de treinamento e começou a olhar para uma estrada que ficava ao lado do lugar aonde treinava, algumas pessoas passavam por lá mas algo chamou a sua atenção, três mulheres lindíssimas passaram fazendo topless, ou seja, deixando seus seios a mostra e aquilo deixou o menino paralisado, era algo extremamente efetivo com qualquer pessoa do sexo masculino que fosse hétero. Após presenciar aquele imagem, o menino teve uma ideia, ele começaria a usar o seu henge no jutsu para transformar-se em uma mulher nua para paralisar aqueles que fossem do sexo masculino, o mesmo quem fosse do sexo feminino e tivesse preferencias diferentes. O garoto foi até o centro do campo de treinamento e começou a bolar como seria a sua transformação, depois de alguns segundos pensando, ele chegou a conclusão de que a melhor forma possível para executar aquele transformação era transformando-se em uma daquelas três mulheres que haviam passado. O garoto então se lembra daquela que ele achou mais atraente e executou a transformação, após alguns segundos, ele se transforma de volta em sua forma original masculina. O treinamento do dia estava concluído e o garoto volta para casa.

93 Re: [Treino] Ezreal em Dom 08 Nov 2015, 22:12




JUTSUS APROVADOS

94 Re: [Treino] Ezreal em Sex 13 Nov 2015, 15:53


MY DEAR FRIEND


TRAIN HARD, FIGHT HARD
(1758 palavras)
Eu havia acordado bem cedo naquele dia, coisa que não costumo fazer, sou bem preguiçoso e sedentário. O motivo era bem simples, hoje era o dia de eu receber mais uma missão e tentar provar que eu não sou um completo inútil. Eu fui até o local aonde as missões são entregues ainda meio sonolento e fui recebido por um Jounnin que me parecia ser bem simpático. Ele carregava um sorriso sincero no rosto e parecia realmente gostar do que faz, diferente de mim. Ele me entregou a missão e me disse que eu deveria escoltar alguns alunos da Academia Ninja em uma viagem que eles iriam fazer. No papel, parecia ser bem simples, mas aí é onde mora o problema. Tudo parece ser bem simples na teoria. Eu tenho certeza que algo bem bizarro vai acontecer, é sempre assim. Bem, não tem nada que eu possa fazer, a vida de ninja é assim e foi o que eu escolhi para mim. Depois de receber a missão, segui meu caminho até a Academia ainda meio sonolento. Quando estava quase chegando, me lembrei de que não estava com meus equipamentos ninja, que droga. Tive de voltar até minha casa e pegar alguns equipamentos, além de minha flauta Mateki Tayuya e minha espada Kusanagi. Eu também vesti uma roupa apropriada para a missão, que era uma viagem e poderia demorar. Vesti uma espécie de camiseta preta com um manto preto em cima, além de uma calça de moletom e a típica sandália ninja. Ah, eu levava minha bandana em minha mochila, não via necessidade de usa-la agora. A minha espada ficava presa em minha cintura em uma posição apropriada para o combate. Depois de pegar minhas coisas, parti de minha casa até a Academia a fim de me encontrar com o sensei do lugar e os alunos que deveriam ser escoltados. Com a minha chegada, um dos Jounnins que era responsável pelo lugar me encontrou e me mostrou a turma que deveria ser escoltada já partindo dali. Finalmente a viagem iria começar, um Jounnin do lugar me indicou a turma que deveria ser escoltada. Eu não me lembro bem como o homem parecia ou o que ele disse, mas eu o agradeci pelas informações. Fui me encontrar com a turma que já estava de saída, eram basicamente um monte de crianças e um sensei que as acompanhava. Devo admitir que não gosto muito de crianças, mas aquelas pareciam ser especialmente simpáticas. O sensei da turma me cumprimentou e disse para seguirmos viagem, eu apenas concordei. Nós começamos a andar e em pouco tempo estávamos passando no meio de uma floresta. A floresta não era muita fechada ou agressiva, mas não deixava de ser uma floresta que poderia conter todo tipo de coisa. Eu estava admirado com a vegetação do lugar, algumas árvores lá eram extremamente raras, não havia visto em lugar algum. O som dos passarinhos cantando também me deixava mais confortável com o que estava fazendo. Os alunos pareciam estar se comportando bem, talvez por medo do que poderia acontecer. Nós já estávamos andando fazia algum tempo, talvez horas, não sabia ao certo, e minhas pernas estavam começando a ficar bem cansadas. Olhei ao redor, percebi que eu não era o único que estava ficando exausto, as crianças também pareciam bem cansadas. O líder da turma não parecia assim tão cansado, mas aparentemente ele sabia o que deveria ser feito. Ele deu uma rápido olhada para nós e percebeu o tanto que aquele viagem havia nos afetado. Eu conversei com ele e disse para pararmos, ele apenas concordou e ordenou a turma para parar. A pausa era a hora perfeita para eu fazer um rápido treino, o clima da floresta era bem ameno e um lago perto me ajudaria a treinar algumas técnicas Suiton. Encostei-me perto do lago e comecei a pensar no que eu poderia treinar, eu precisava usar a criatividade agora pois não havia nenhum pergaminho perto que eu pudesse consultar. Sem ideia do que fazer, olhei para o alto e comecei a pensar na vida, me lembrei da Raikage e de sua maestria com técnicas Suiton, no começo eu não tinha nada em minha mente ao pensar nisso, mas logo eu tive uma ideia. Eu era perito em Raiton e eu poderia usar isso ao meu favor para combinar técnicas com a Raikage, isso tornaria nossos ataques em conjunto muito mais fortes. Eu avistei de longe um pato na água, eu então resolvi testar a minha nova técnica no pato. Eu conduziria o chakra Raiton do Chidori pela água, assim tornando-o muito mais forte com a força da água. Coloquei a minha mão com muito cuidado na água, fechei os meus olhos e me concentrei por alguns segundos. Rapidamente, os raios começaram a sair de minha mão e avançar em direção ao pato que descansava sobre a água. O jutsu acertou ele com tamanha intensidade que ele nem mesmo teve tempo de reagir, era incrível. Eu ainda tinha algum tempo antes de ter de voltar a acompanhar os alunos, então resolvi treinar uma técnica de água para usar em conjunto com aquele Chidori. A técnica consistia em liberar uma quantidade de água de minha boca à uma enorme pressão, capaz de esmagar várias coisas. O principio dela era o mesmo de várias outras técnicas de água, então não seria trabalho algum para mim desenvolve-la. Fiquei próximo ao lago, fechei os meus olhos e comecei a me concentrar, os meus sentidos todos estavam focados agora. Avistei uma pedra no meio do lago, ela seria o meu alvo. Fiz alguns selos de mão e liberei uma quantidade de água em uma velocidade enorme de minha boca, a água se chocou contra a pedra e a despedaçou completamente, a técnica estava pronto. Eu havia terminado meu treinamento bem a tempo, já era hora de continuar a viagem. Nós já estávamos perto do local aonde os alunos deveriam ir, tudo corria bem, até que eu ouvi um barulho. Não sabia ao certo o que era, mas o barulho começou a vir de várias direções, aquilo poderia ser um problema, eu precisava identificar o que era. Calmamente me sentei no chão e comecei a sentir a natureza que estava à minha volta, os passarinhos, as árvores, não era tarefa difícil em um lugar como aquele. Rapidamente, eu ativei meu Modo Sennin, agora eu era capaz de sentir todos os chakras à minha volta e, para minha surpresa, eu identifiquei um grupo de ninjas que provavelmente iriam nos atacar. Droga, o que eu poderia fazer agora? Rapidamente, me lembrei de uma técnica que eu havia aprendido no monte com os sapos, que consistia em formar uma cúpula e esmagar tudo que tentasse entrar nela. Rapidamente ordenei que todos os estudantes e o Sensei ficassem perto de mim. Sentei-me no chão então e comecei a me concentrar, em pouco tempo a técnica estava preparada. Como esperado, os ninjas começaram a aparecer de todos os lados, eles começaram a nos ameaçar, mas eu já tinha tudo sobre controle. Comecei então a provocar eles, eu sabia que um pouco de papo poderia desestabilizar aqueles caras de mente tão frágil facilmente. Como esperado, os ninjas ficaram extremamente irritados e tentaram nos atacar por todos os lados ao mesmo tempo, conforme eles iam entrando na cúpula, eles eram esmagados sem a menor piedade. Todos que me acompanhavam na missão ficaram impressionados com a força que eu demonstrei, eles realmente não acreditavam que existia alguém com tamanha força. Eu fiquei orgulhoso de mim mesmo, devo admitir, era realmente gratificante ser reconhecido pela minha força. Após alguns minutos da batalha, nós voltamos a seguir viagem e eu estava me sentido mais conectado com a natureza do que nunca, aquele modo sennin era realmente incrível. Os nossos passos eram relativamente lentos e estávamos demorando pra chegar, para a alegria dos alunos, que ficaram muito felizes em estar na presença de um ninja como eu. A cada segundo que se passava, meu orgulho ficava mais inflado, que beleza. Após muito andar, nós finalmente avistamos o local da viagem dos estudantes de longe. Eu fiquei aliviado de finalmente poder me livrar daquelas criaturinhas e eles ficaram levemente tristes de me deixar, que fofura. Quando finalmente chegamos lá, me despedi de todos, um a um, inclusive do Sensei da turma, que também estava me bajulando. Após deixa-los na vila, voltei pelo mesmo caminho de antes, passando pela floresta. Conforme ia andando, percebia que haviam várias poças no caminho, o meu modo Sennin ainda estava ativo e eu estava extremamente conectado com a natureza ainda. Após alguns segundos observando o caminho, as poças de água e a água que pingava das folhas das árvores eu tive uma ideia. Eu iria tentar controlar a água ao meu redor, assim como o jinchuuriki do Shukaku por exemplo pode controlar a areia. Apesar de ter bastante água a minha volta, o local escolhido para o meu treinamento foi o mesmo lago aonde eu tinha treinado antes. Eu comecei a caminhar sobre a água até chegar no centro do lago. Ao chegar lá, comecei a me concentrar e sentir a água à minha volta. Movimentei minhas mãos com leveza e concentrei meu chakra. No começo, as águas não demonstravam sinal algum de que estavam sobre o meu controle, mas depois de um tempo, eu já era capaz de controla-las completamente. Eu podia fazer o que quisesse com a água que me rodeava, eu me sentia como Moisés quando ele abriu o mar Vermelho. Após dominar completamente esta técnica cheguei a conclusão de que era hora de retornar à minha casa. Voltei para a floresta e tomei o mesmo caminho que tinha tomado antes, era o único que eu conhecia. Depois de algum tempo, meu modo sennin acabou sendo desligado. Mas a conexão que eu tinha com a natureza e as técnicas aprendidas ainda estavam dentro de mim, eu estava bem feliz. Passos lentos e preguiçosos fizeram com que minha viagem se tornasse um saco, chata e demorada, mas após algumas horas eu finalmente avistei a grande vila de Kumogakure no Sato. Após chegar na minha vila, eu fui até o local aonde as missões são entregues para relatar o sucesso de minha missão. Eu acabei por não cobrar nada, quem iria pagar a minha missão era a própria vila por se tratar de uma missão interna e eu acabei decidindo não receber, não estava precisando. Logo depois disso, retornei para minha casa e me deitei, agora eu finalmente poderia dormir o que eu não dormi durante a noite.

Local do treino: Vários locais
Número de Treinos na semana:4/7
Objetivo do Treino: treinar, dur
Jutsu Aprendido: 
Jutsus:

Suiton - Suiten hofutsu
(Estilo Água - Memória Líquida)
Quem Usa: Ruiga 
Primeira Aparição: Episódio Filler 187 (Clássico)
Rank: C
Descrição: Esta técnica permite ao usuário controlar a água e umidade em torno de si mesmo muito parecido com Gaara controla a areia. Ele pode ser usado para bloquear ataques mais recebidas, se ligam ou afogar opositores, e moldar a água em vários ataques, permitindo que o utilizador em conjunto com a técnica de Evocação para permitir que a base de água invocações para lutar em áreas que normalmente precisam de água para se mover por qualquer prendendo o alvo na mesma água ou manobrar a água para permitir a convocação para perseguir o alvo. Ele é capaz de extrair e utilizar águas subterrâneas e, como é muito eficaz a maioria das áreas, mas inútil em áreas rochosas.

Suiton - Daibakuru no Jutsu
(Estilo Água - Jutsu da Grande Pressão)
Quem Usa: Kabuto e Uchiha Itachi
Primeira Aparição: Naruto Shippuuden 325
Rank: S
Descrição: Um poderoso Jutsu usado por Kabuto que permite que ele atire da boca uma poderosa rajada de água capaz de percorrer longas distâncias e esmagar um alvo por conta da grande pressão que exerce sobre ele.


Senpou - Kekkai no Jutsu - Tengai Houjin
(Arte Eremita - Técnica da Barreira)
Quem Usa:
 Jiraiya
Rank: S
Primeira Aparição: Episódio 132 Shippuuden.
Nota:
Em uma síntese em um Mangá produzido por uma fã polonesa,Namikaze 
Minato usa essa técnica para proteger seus alunos(Rin,Kakashi,Obito).
Descrição: No Modo Eremita, Jiraiya cria uma barreira que se detectar um invasor o esmaga, matando-o instantaneamente.


Chidori Kouken
(Espada de Luz de Mil Pássaros)
Quem Usa:
 Uchiha Sasuke
Rank: A
Nota: Jutsu somente usado no 2º Filme de Naruto Shippuden, Laços.
Nota²: Só pode ser realizado sobre uma superfície molhada.
Descrição:
Sasuke usa sua espada Kusanagi para canalizar um Chidori extremamente 
poderoso. Ele parece ter uma gama ainda maior que o Chidori atual, 
tornando-o mais eficaz em batalha. Pode-se notar que esta técnica é mais
um uso da água, pois o relâmpago produzido é conduzido por toda a 
superfície, tornando mais difícil para o inimigo para evitá-lo. 
Números de Palavras: Nos treinos
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus



Thanks James Sullivan,Edited by Ezreal © CG

95 Re: [Treino] Ezreal em Sex 13 Nov 2015, 18:33

@App, tadinho do pato T-T

96 Re: [Treino] Ezreal em Ter 17 Nov 2015, 21:01

Kuroko seguia o Bunshin de Ezreal o guardião dos sapos, até ao campo de treino, mas ele não parava de pensar:
"Como um Bunshin o poderia ensinar o contrato com os sapos ?" 

Visto que era o que o guardião dos sapos disse, Kuroko simplesmente obedeceu mas aquela duvida permaneceu em sua cabeça, enquanto andavam ninguém conversava com o outro, chegando no campo de treino da vila de Kumogakure, Kuroko esperou que o Bunshin de Ezreal o disse-se o que fazer.   

Status de Kuroko:

HP: 800/800
Chakra: 1200/1200 
Stamina: 500/500
Velocidade: 10 s/m
Mente:9
Armas Tradicionais:

Kunais: 50
Shurikens: 30
Fuuma Shurikens: 30 
Senbons: 35
Tarjas Explosivas: 25
Bombas de Fumaça: 10
Bombas de Luz: 10
Fios de Aço: 100 m
Armas Lendárias:



Cleaver Sword 
(Espada Cortadora)
Quem usa: Darui
Rank: A
Descrição: É ampla e tem três dobradiças que lhe permite dobrar a lâmina própria, quando não em uso pode desdobrá-la na batalha. Darui também pode acrescentar chakra Raiton. Isto provou ser mais útil em sua batalha contra Suigetsu, que é particularmente fraco para este tipo de chakra. A lâmina também mostrou ser capaz de manter a carga, mesmo se ele não está mais segurando a lâmina.
Requisitos de Uso: -
Habilidade: Conduzir o chakra do usuário através da lâmina.
Dono: Kuroko
Mapa Mundial:


97 Re: [Treino] Ezreal em Ter 17 Nov 2015, 21:12


 HP: 2000   Chakra: 5975  Stamina: 1000  Velocidade: 10 m/s  Mente: 31 Pts.

Yesterday

 
O bunshin de Ezreal se locomoveu até o meio do campo de treino com muita calma, ao chegar no centro, ele faz alguns selos e bate sua mão no chão

- Bem, se é isso que você quer....

Após bater a sua mão no chão, um enorme sapo aparece em baixo dos pés de Ezreal, era Gamakichi. Ezreal explicou a Gamakichi sobre a situação e o sapo soltou o contrato dos sapos pela boca, para que o menino assine.

- Bem, assine o contrato com sangue de sua mão, depois, pode começar o treinamento.

Considerações:
- Faça um post assinando o contrato e bla,bla,bla. São necessárias 700 palavras.
- Todos os movimentos realizados em minha velocidade máxima. (10 m/s)
- Todos os movimentos são tentativas, todas as afirmações são apenas para fins narrativos.
- Ezreal veste um manto cinza, com um capuz que cobre o seu rosto, tornando incapaz que qualquer um de longe consiga ver quem é,além disso, o seu manto cobre sua espada que está presa a sua cintura e sua flauta que se encontra dentro de uma camiseta preta casual que o ninja veste.


INVOCAÇÃO



Gamakichi
(Sapo Propício)
Nota: Gamakichi não é capaz de ultilizar Suiton, mas pode usar Katon
Rank: B
Descrição: Filho mais velho de Gama-Oyabin (Chefe dos Sapos), que é como Naruto Uzumaki chama Gamabunta. É um sapo esperto: sabe a hora exata de fugir, quando vê que não tem mais utilidade, e é muito sarcástico. Apareceu pela primeira vez na luta de Naruto e Gaara, quando Naruto tenta invocar o Gama-Oyabin para enfrentar o Shukaku. Outra aparição foi quando Jiraya, ainda dopado pelo remédio de Tsunade, não conseguiu controlar seu chakra para a invocação. Gamakichi também apareceu em alguns fillers do anime, mas geralmente Gamakichi aparece quando Naruto Uzumaki tenta invocar Gamabunta, só foi invocado por necessidade no episódio 139.

JUTSUS ATIVOS



Kage Bunshin no Jutsu
(Técnica dos Clones das Sombras)
Quem Usa: Uzumaki Naruto, Sandaime Hokage, Uchiha Itachi, Hatake Kakashi, Namikaze Minato, Shizune, Nagato e Sarutobi Konohamaru
Rank: B
Primeira Aparição: Episódio 1 Naruto Clássico 
Descrição: Técnica que permite ao ninja criar clones reais (cópias reais) requer uma grande quantidade de chakra, pois o chakra do usuário se divide igualmente entre todos os clones. Estes clones podem até auxiliar em jutsus, como o rasengan de Uzumaki Naruto, e também fazer jutsus independentemente, pois como são cópias reais têm também sistema circulatório de chakra


Armas básicas e Armas Lendárias:
Kunais: 50
Shurikens: 30
Fuuma Shurikens: 30
Senbons: 35
Tarjas Explosivas: 25
Bombas de Fumaça: 10
Bombas de Luz: 10
Fios de Aço: 100 m


Mateki Tayuya
(Flauta Demôniaca da Tayuya)
Rank: A
Aparição: Episódio 118 - Naruto Clássico
Descrição: Uma arma um pouco diferente, não pode ser usada em ataques diretos, porém é muito perigosa. Tayuya, do Quarteto do Som, utilizava sua Mateki (Flauta Demôniaca) para executar seus Jutsus, podia criar Genjutsus, ou controlar seus demônios invocados.
Requesitos de uso:-
Habilidade: Genjutsus realizados pelo sobem um rank, sendo rank S o máximo alcançado.


Kusanagi
(Sasuke)
Rank: S
Aparição: Episódio 01 - Naruto Shippuden
Descrição: É a espada usada por Sasuke na saga Shippuuden. Possui uma lâmina muito afiada cujo o poder pode ser aumentado pela manipulação material do Trovão, chegando ao ponto de conseguir cortar através de uma Kunai como se esta fosse papel.
Requesitos de Uso: -
Habilidades: Pemite o ninja usar seu elemento de chakra através da lâmina dela, aumentando ainda mais sua força, perfuração e corte.
Limitações: 50 de Chakra para envolver a arma. - Quando com chakra dá o dobro de dano.

Thanks @Lilah for CG, edited by Ezreal

98 Re: [Treino] Ezreal em Ter 17 Nov 2015, 22:09

Local do treino: Campo de treino em Kumo
Número de Treinos na semana: 1/5
Objetivo do Treino: Aprender Contrato com os Sapos
Jutsu Aprendido:



Ninpou - Kuchiyose no Jutsu
(Arte Ninja - Técnica de Invocação)
Quem Usa:
 Técnica Ninja Básica
Rank: C
Primeira Aparição: Episódio 18 Naruto Clássico
Descrição: Ninjutsu do tipo Ninpou, permite que um ninja invoque animais, objetos e mortos para lutar no lugar deles. O ninja normalmente assina um contrato de sangue com a espécie de animal, o que permite que ele invoque animais de diferentes tamanhos e técnicas. A habilidade para invocar animais mais avançados depende unicamente na quantidade de chakra usada. Para invocar o ninja vai colocar sangue em algum lugar, fazer os selos de mão necessários e então tocar o chão ou outro objeto.
Números de Palavras:527/500
Regra de Treinos: [url=http://narutoplayerrpg.forumeiros.com/t391-regra-para-treinamentos-de-jutsus?highlight=regra+de+treinamentos]Treinamento de Jutsus[/url]
Treinamento 
[url=de Bijuus[/url]
Kuroko queria muito aprender uma Kuchiyose, vendo apenas um Bunshin a invocar um sapo gigante, Kuroko ficou impressionado, mas antes de aprender uma Kuchiyose ele devia aprender o que era ,então Kuroko simplesmente se lembrou do que estudou em Konoha que era que  Kuchiyose, são animais ou seres que podem se invocados, por meio de um contrato, e quando serem Gennin, podem os invocar normalmente desde que tenham um contrato, então Kuroko pensou em ter a invocações dos sapos, por isso veio até Kumugakure e além disso também era porque,  são ótimos lutadores e auxiliam o shinobi que o invoca e também porque a maioria dos sapos sabem elementos, então Kuroko recebeu o contrato que saiu da boca daquele sapo gigante, após isso ele viu que o contrato vem na forma de um pergaminho, no qual o contratante usa seu próprio sangue para assinar o seu nome e colocar suas impressões digitais e, uma vez assinado, é válido mesmo após a morte dos contratantes, desde que o contrato em si permaneça intacto. Após isso, eles precisam apenas oferecer uma doação adicional de sangue na mão que assinou o contrato, moldar o seu chakra com selos de mão e, em seguida, plantar a mão que assinou o contrato em uma localização que deseja invocar a criatura.] A quantidade de chakra usada durante a invocação determina o quão poderosa a criatura invocada pode ser. Então Kuroko pegou no pergaminho colocou-o no chão e passou o seu dedo pelo dente canino fazendo um leve corte e sangrando, depois ele pôs sangue sobre o pergaminho que invocou o sapo muito alto em forma de um pergaminho, que disse:
- Olá meu jovem porque me invocaste
E Kuroko disse:
- Eu me chamo Kuroko e quero aprender a invocação dos sapos.
Então meu jovem só precisas usar seu próprio sangue para assinar o seu nome e colocar suas impressões digitais,  e um aviso uma vez assinado para sempre se queres mesmo isso é essa a altura de escolher.
Depois o sapo abriu-se e mostrou um pergaminho Kuroko não queria se arrepender de nada em sua vida por isso ficou pensando:
- Se eu aprender esse contrato posso vir a me arrepender pelo resto da minha vida, mas por outro lado posso vir a ter um companheiro de batalha que me ajudará.
Kuroko estava confuso, e não sabia se podia confiar plenamente nos sapos, então Kuroko decidiu pensar mais um pouco:
- Se quero realmente ser forte e ter amigos fieis, preciso aprender a confiar nos sapos e para isso tenho de ter certeza, de que não vou me arrepender de qualquer forma.
Kuroko depois olhou para o Bunshin de Ezreal, que confiava plenamente um no outro então Kuroko percebeu que o que lhe faltava era acreditar, depois Kuroko passou seu dedo em seu dente canino fazendo um leve corte, em seu dedo que o fez sangrar e depois com esse mesmo sangue, Kuroko passou o sangue no pergaminho dos sapos e deixou suas impressões digitais, e depois o sapo pergaminho se fechou novamente e disse:
- Kuroko a partir de agora tens contrato com os sapos.
E de repente o sapo desapareceu.
Status de Kuroko:

HP: 800/800
Chakra: 1200/1200 
Stamina: 500/500
Velocidade: 10 s/m
Mente:9
Armas Tradicionais:

Kunais: 50
Shurikens: 30
Fuuma Shurikens: 30 
Senbons: 35
Tarjas Explosivas: 25
Bombas de Fumaça: 10
Bombas de Luz: 10
Fios de Aço: 100 m
Armas Lendárias:



Cleaver Sword 
(Espada Cortadora)
Quem usa: Darui
Rank: A
Descrição: É ampla e tem três dobradiças que lhe permite dobrar a lâmina própria, quando não em uso pode desdobrá-la na batalha. Darui também pode acrescentar chakra Raiton. Isto provou ser mais útil em sua batalha contra Suigetsu, que é particularmente fraco para este tipo de chakra. A lâmina também mostrou ser capaz de manter a carga, mesmo se ele não está mais segurando a lâmina.
Requisitos de Uso: -
Habilidade: Conduzir o chakra do usuário através da lâmina.
Dono: Kuroko
Mapa Mundial:


99 Re: [Treino] Ezreal em Ter 17 Nov 2015, 22:26

@App

100 Re: [Treino] Ezreal em Ter 17 Nov 2015, 22:47

Local do treino: Campo de treino em Kumo
Número de Treinos na semana: 2/5
Objetivo do Treino: Aprender a invocação Gamashimaguro
Jutsu Aprendido:



Gamashimaguro (Sapo de Listras Negras)
Rank: C
Aparição: Episódio 94 - Naruto Shippuden
Descrição: É um sapo de Pequeno/Médio porte usado por Naruto em um treinamento de sincronia entre humanos e sapos com o Jiraiya. É bem pesado e aparenta ser muito concentrado, podendo ser um grande aliado em batalhas shinobi 
 
Números de Palavras: 280 /250
Regra de Treinos: [url=http://narutoplayerrpg.forumeiros.com/t391-regra-para-treinamentos-de-jutsus?highlight=regra+de+treinamentos]Treinamento de Jutsus[/url], Treinamento [url=de Bijuus[/url]
Kuroko queria muito sincronizar com os sapos para poderem se confiar uns aos outros, por isso foi investigar sobre como se sincronizar os sapos na biblioteca, chegando lá pediu que a secretária lhe desse um livro de como sincronizar com os sapos, logo lhe entregou o livro e Kuroko permaneceu na biblioteca e começou a ler em voz baixa o que dizia no livro dizendo:
- Para se sincronizar com os sapos precisas de ter a confiança total nos sapos para que eles também tenham confiança em si, e um dos sapos que podem ajudar é o Gamashimaguro.
Kuroko foi procurar qual é esse sapo chamado Gamashimaguro e encontrou e viu que é um sapo de Pequeno/Médio porte com listras negras que é bem pesado e é muito concentrado, que pode ser aliado em batalhas shinobi. 
Kuroko para se sincronizar com os sapos precisava aprender a invocação do sapo chamado Gamashimaguro, então saiu da biblioteca e foi ao campo de treino de Konoha para treinar a invocação do Gamashimaguro, então chegando lá passando o dedo levemente sobre seu dedo em seu dente canino fazendo um leve corte sobre seu dedo, e pôs sua mão sobre o chão tentando invocar Gamashimaguro, mas não conseguiu o invocar devido a sua falta de confiança com os sapos, então ficou pensando sabendo que os sapos nunca o desiludiram, decidiu confiar para sempre nos sapos por isso, descansou um pouco e passou novamente seu dedo em seu dente canino fazendo um corte leve sobre seu dedo e conseguiu invocar Gamashimaguro e pediu que  Gamashimaguro o ajuda-se outro dia a ter uma sincronização com os sapos, após isso Gamashimaguro desapareceu e Kuroko voltou a sua casa.



Local do treino: Campo de treino em Kumo
Número de Treinos na semana: 3/5
Objetivo do Treino: Aprender invocação de Gamakichi
Jutsu Aprendido:
[/b] 

Gamakichi(Sapo Propício)

Nota: Gamakichi não é capaz de ultilizar Suiton, mas pode usar Katon
Rank: B
Descrição: Filho mais velho de Gama-Oyabin (Chefe dos Sapos), que é como Naruto Uzumaki chama Gamabunta. É um sapo esperto: sabe a hora exata de fugir, quando vê que não tem mais utilidade, e é muito sarcástico. Apareceu pela primeira vez na luta de Naruto e Gaara, quando Naruto tenta invocar o Gama-Oyabin para enfrentar o Shukaku. Outra aparição foi quando Jiraya, ainda dopado pelo remédio de Tsunade, não conseguiu controlar seu chakra para a invocação. Gamakichi também apareceu em alguns fillers do anime, mas geralmente Gamakichi aparece quando Naruto Uzumaki tenta invocar Gamabunta, só foi invocado por necessidade no episódio 139.

Números [b]de Palavras:
297 /259
Regra de Treinos: [url=http://narutoplayerrpg.forumeiros.com/t391-regra-para-treinamentos-de-jutsus?highlight=regra+de+treinamentos]Treinamento de Jutsus[/url], Treinamento [url=de Bijuus

[/url][/b]
Kuroko já tinha uma invocação mas precisava de um companheiro de batalhas, precisava um sapo que era esperto forte e que sabia elemento, então foi pesquisar sobre um sapo que era assim como ele queria, foi então a biblioteca para ver se encontrava um sapo assim pesquisou e até que encontrou, é um sapo que é o filho mais velho de Gama-Oyabin, chamado é um sapo esperto sabe a hora exata de fugir, quando vê que não tem mais utilidade, e é muito sarcástico, então Kuroko foi ao campo de treino de Konoha para tentar invocar Gamakichi então passou o seu dedo levemente em seu dente canino e pôs sua mão sobre o chão tentando invocar Gamakichi mas não funcionou, então invocou Gamashimaguro para lhe dizer porquê não conseguia invocar Gamakichi, então Gamashimaguro disse:
- Gamakichi é arrogante muito e não gosta muito de humanos, mas não é por isso porque não estas a conseguir o invocar, para invocar o Gamakichi precisas de usar a marca que tens na tua mão e passar seu sangue na marca o resto você sabe
Então Kuroko disse:
- Obrigado já podes ir Gamashimaguro 
Então Kuroko passou o seu dedo levemente em seu dente canino e pôs sua mão sobre o chão invocando o Gamakichi, mas Gamakichi é muito arrogante e por isso não aceitou obedecer as ordens de Kuroko, e disse:
- Se queres que te obedeça apanha-me
Gamakichi então fugiu pulando mas Kuroko foi rápido e criou três Bunshins para apanhar, mas Gamakichi mas ele usou Oléo saindo de sua boca fazendo os clones de Kuroko cairem, então Kuroko apareceu rapidamente a frente do Gamakichi e o apanhou e finalmente Gamakichi e depois disse:
- Podes me invocar quando quiseres.
E Gamakichi desapareceu e Kuroko voltou a sua casa.

Status de Kuroko:

HP: 800/800
Chakra: 1200/1200 
Stamina: 500/500
Velocidade: 10 s/m
Mente:9
Armas Tradicionais:

Kunais: 50
Shurikens: 30
Fuuma Shurikens: 30 
Senbons: 35
Tarjas Explosivas: 25
Bombas de Fumaça: 10
Bombas de Luz: 10
Fios de Aço: 100 m
Armas Lendárias:



Cleaver Sword 
(Espada Cortadora)
Quem usa: Darui
Rank: A
Descrição: É ampla e tem três dobradiças que lhe permite dobrar a lâmina própria, quando não em uso pode desdobrá-la na batalha. Darui também pode acrescentar chakra Raiton. Isto provou ser mais útil em sua batalha contra Suigetsu, que é particularmente fraco para este tipo de chakra. A lâmina também mostrou ser capaz de manter a carga, mesmo se ele não está mais segurando a lâmina.
Requisitos de Uso: -
Habilidade: Conduzir o chakra do usuário através da lâmina.
Dono: Kuroko
Mapa Mundial:



Conteúdo patrocinado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 4 de 5]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Novo Tópico  Responder ao tópico

Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum