Naruto Player RPG | sua experiência no mundo de Naruto
Seja bem vindo ao Naruto Player RPG, se cadastre agora e venha jogar um RPG onde você poderá interpretar seu personagem favorito de Naruto, não perca tempo venha jogar conosco.

Logue-se já!

Esqueci minha senha




Nas ultimas horas...
Will Senju
Seg 13 Nov 2017, 10:18
 
Meliodas The Dragon
Sab 11 Nov 2017, 11:43
 
Psychic
Sex 10 Nov 2017, 22:15
 
Furtwangler
Dom 05 Nov 2017, 23:09
 
Furtwangler
Dom 05 Nov 2017, 22:50
 
Youko
Dom 05 Nov 2017, 19:31
 
Modake
Qua 01 Nov 2017, 21:33
 
Panic!
Ter 31 Out 2017, 19:34
 
Shion
Ter 31 Out 2017, 00:37
 
River
Seg 30 Out 2017, 23:05
 
Quem mais postou nessa semana...
Top dos mais ativos do Mês!
Top dos mais Postadores!
Hinara (1230)
 
River (1212)
 
Youko (1007)
 
Modake (910)
 
Big Boss (910)
 
Whisper (643)
 
Yuu (615)
 
Kazuaki Yuki (613)
 
Panic! (608)
 
Allen Walker (577)
 


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Área de Treinamento Nukenin

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Área de Treinamento Nukenin em Sex 18 Set 2015, 01:29


Área demarcada dentro do esconderijo para realização de treinos, sejam eles de jutsus ou de status. Possui uma nascente de córrego, que percorre esta parte da caverna e deságua do outro lado da mesma, fazendo crer que existe uma passagem secreta em submersão, sua parede é de pedras e possui uma área grande o suficiente para jutsus de grande porte como invocações.



Última edição por Whisper em Sex 18 Set 2015, 19:28, editado 1 vez(es)

2 Re: Área de Treinamento Nukenin em Sex 18 Set 2015, 01:44

Local do treino: Área demarcada da Caverna.
Número de Treinos na semana: 7/7
Objetivo do Treino: Treinar os 7 semanais.
Jutsu Aprendido: Raiton - Maisou, Doton Kekkai • Dorou Doumu, Attack Prevention Technique, Chakra Kuuin no Jutsu, Kanashibari no Genjutsu , Konoha Style: Youth Exercise, Doton Ninpou - Mogura Tataki no Jutsu.
Números de Palavras: No texto
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus, Treinamento de Bijuus

❝ Raiton - Maisou (500)❞

Após uma longa caminhada em meio a caverna ainda inexplorada pelo rapaz, ele finalmente achara um bom lugar para treinar alguns jutsus, estava enferrujado desde a sua viagem, ou sem eufemismo, fuga. Impressionado com as qualidades climáticas do local, que era semi-úmido, permitindo treinar qualquer técnica de qualquer elemento, resolveu começar com o seu elemento mais conhecido, e talvez o que mais dominava. Queria tentar algum tipo de barreira, por meio de demarcação, sabia que funcionaria muito bem se utiliza-se os perigos da eletricidade para a mesma, e um treino de um jutsu cientifico certamente iria impedir que o mesmo pensasse em besteiras comuns, como abandono da vila, esquecimento de seus amigos, que agora são inimigos, e etc.
 Começou pegando alguns baldes e os enchendo de água, utilizando alguns focos de nascentes de dentro da própria caverna, Ethan não podia de deixar de imaginar em que país estava, um lugar tão abundante em questões de Fauna e Flora, iria chamar de Brasil inicialmente mas desistiu depois, pensou que o nome poderia trazer azar. Este lugar deveria ter sido descoberto antes, mas provavelmente o que fazia o local fascinante era a falta de toque humano, talvez uma vista bela fosse o que os criminosos mereciam, para amolecer seus corações.
 Já com os baldes, o rapaz precisaria de mais um condutor para sua eletricidade, resolveu então usar o ferro de sua arma ninja para realização do mesmo, cravou então quatro kunais no chão, criando uma área demarcada de dois metros quadrados, com a água do balde, molhou e fez uma pequena linha, ligando as kunais com a água, quando tudo estava pronto, ficou no centro do local, com uma pequena pedra, usando seu chakra para energizar a barreira, lançou a pedra na mesma, quando ela atingiu o limite da barreira, foi torrada no que o rapaz chamaria de um belo show de luzes.
Repetiu ainda o jutsu várias vezes, da forma que estava, necessitando de dois condutores, sendo um deles agua, seria muito difícil a realização do jutsu, uma vez que o rapaz não possuía suiton, e seria muito demorado realizar os preparativos de forma tão cautelosa como ele fizera, então começou a diminuir a área, por menos água, intensificar mais a eletrificação do ferro, fez anotações e mais anotações, naquela caverna escura a leitura tinha se tornado difícil, mas decidiu que pouco a pouco iria encher a mesma com livros e anotações próprias, não era bem o cargo de andarilho que o mesmo desejara desde criança mas ainda lhe dava a liberdade de criar o próprio destino que tanto procurava, depois de muitas anotações e contas matemáticas sobre potencia, trabalho, eletricidade, voltou aos testes físicos e realísticos, uma vez que na teoria não havia como o jutsu dar errado. Depois de duas horas de aperfeiçoamento do jutsu o rapaz finalmente conseguiu que não precisa-se mais de dois condutores, apenas de um, resolveu optar por manter o condutor de ferro, devido a possuir uma isolação maior e seu fácil acesso ao material.

Jutsu Aprendido:


Raiton - Maisou
(Elemento Trovão - Barreira de Choque)
Quem Usa: Hatake Kakashi, Minato Namikaze
Rank: A
Selo: Coelho, Tigre, Macaco.
Primeira Aparição: Capítulo 422 Mangá.
Descrição: O usuário lança quatro kunais no chão em formação quandragular quando o inimigo adentra ou tenta sair a barreira se ativa lhe dando um choque elementar.É um jutsu defensivo que apenas especialistas em raiton podem conseguir execulta-lo de uma forma amplificadora para retribuir-lhe mais danos em combate.


❝  Doton Kekkai • Dorou Doumu (260)❞

Agora era a hora de descer um rank na sua escala de treinamentos, após ter treinado um elemental do tipo raiton estava na hora de dedicar o seu tempo para seu outro tipo elemental, os jutsus de terra, ou melhor "doton". O jutsu que iria treinar era simples, apenas uma cúpula, Ethan já havia visto este tipo de jutsu ou lido sobre eles várias vezes mas nunca para aprisionar, e  como o mesmo estava curtindo uma de carcereiro resolveu tentar criar mais um tipo de prisão para os oponentes futuros.
Mover a terra era fácil, sempre se sentia como um dobrador de terra dos tipos que via num desenho animado qualquer, gostava de mexer na terra, e a terra muitas vezes já o havia protegido antes, juntou primeiro um montinho, fazendo um boneco de lama com suas mãos, não demorou dez minutos, mas foram o tempo mais bem gasto em diversão que tivera em anos, então a uma distancia segura começou o seu treinamento. Utilizando seu chakra fundido com a terra a moveu de forma que cobrisse o boneco de neve, endureceu-a para que a mesma não cai-se em cima do pobre Earth, sim Earth, este era o nome do boneco, quando finalmente criou uma cúpula em volta do boneco de lama, se aproximou da mesma para checar a sua solidez, após algumas batidas chegou a conclusão de que estava de bom tamanho, utilizou então seu poder sobre as terras do local, para torna-la como era antes, um pouco plana mas ainda com características de erosão adquiridas com o tempo.

Jutsus aprendido:


Doton Kekkai • Dorou Doumu
(Barreira de Terra - Prisão de Terra)
Quem Usa: Jiroubou
Rank: B
Primeira Aparição: Episódio 111 Naruto Clássico
Descrição: Batendo suas mãos no chão, o ninja envolve seus oponentes numa cúpula
de terra. Depois, coloca suas mãos nessa cúpula e pode absorver o chakra
de quem está dentro, com o Chakra Kuuin Jutsu. Se o oponente tentar
quebrar de dentro a cúpula, o ninja a recupera.


❝  Attack Prevention Technique (257)❞

O rapaz estava determinado a desmascarar a pose de deus do mascarado, depois de treinar os chakras elemental, usando-se da ciência para realizar os jutsus já aprendidos, se intrigou com a capacidade de passar por entre as coisas que o mascarado tinha, era como se ele estivesse em outra dimensão mas ao mesmo tempo nessa, mas isso era impossível, não havia nada de diferente nele, não sabia ao certo, já que não o encarou direto nos olhos mas o homem parecia apenas isso, um homem.
Após algumas horas de pesquisas, Ethan acreditava ter desenvolvido uma resposta, o homem utilizava um ninjutsu do mesmo tipo que o Touton ou o da toupeira, ou o aderimento da terra, consistia em assemelhar suas moléculas com ao objeto ou superfície escolhida e a magica estaria feita, é claro que isso não era muito cientifico para pessoas comuns, mas para o rapaz era pura ciência, tirando a parte de transformação molecular, isto era Alquimia.
Uma vez que já sabia a teoria o treino pratico foi realizado com exito, ao se aproximar da parede da caverna, Ethan adentrou por ela, aderindo-se a aprede como se ele fosse a mesma, apenas com um bom controle de suas moléculas que continham seu chakra, e saiu do outro lado da caverna, voltou então para dentro da mesma, com a mesma facilidade que havia saído, como havia pensado, não tinha nada demais nos atos do homem, eram apenas truques baratos, e agora o rapaz já satisfeito, resolveu que já poderia então cruzar este mistério de sua lista.

Jutsus aprendido:


Attack Prevention Technique
(Técnica de Prevenção de Ataque)
Rank: B
Quem Usa: Orochimaru, Kurenai, Ichiha Madara, Yamato, ANBU.
Primeira Aparição: Mangá: 50 / Anime: 30
Descrição: Com esta técnica, o utilizador pode fundir-se com uma superfície para evitar danos. O usuário pode também mover-se invisívelmente e atacar por trás.


❝ Chakra Kuuin no Jutsu (260)❞

Era fato que o chakra era um aproximamento da natureza por parte das pessoas, os que nasciam com a habilidade de concentrar e fazer algo de útil com seu chakra tal como ninjútsus e genjutsus já era por sí só abençoado, pois podia como em seu ultimo treino se unir com a natureza e chegar a níveis tão primordiais que utilizará até mesmo elementos como água, ar, terra, fogo e raios. Mas se algumas pessoas pensavam que os elementos eram a forma mais primitiva de chakra estavam completamente longe da teoria de Ethan que dizia que se bem aplicada a volta a natureza, seria possível não só liberar e concentrar seu chakra como também absorver o mesmo das coisas em sua volta, se não se enganava, era isso que chamavam de Senjutsu, conhecia vagamente a ideia, embora não o interessa-se ainda se aprofundar no assunto, de certa forma, queria descobrir se podia absorver chakra de outros organismos vivos sem necessitar se aprofundar na questão de senjutsus por completo
Concentrando então o seu chakra em suas mãos, Ethan encostou as mesmas na parede rochosa da caverna e se concentrou, até que ao invés de apenas canalizar o seu chakra, estivesse recebendo também o da pedra, isto a deixava com uma aparência mais envelhecida, isto assustou o rapaz que resolveu que deveria parar imediatamente de absorver a sua essência, ou poderia acabar desmoronando a própria nova casa.
Com este jutsu aprendido, só faltavam agora as técnicas que o menino costumava negligenciar em seu passado, mas havia jurado para si mesmo que melhoraria.

Jutsus aprendido:


Chakra Kuuin no Jutsu
(Técnica de Absorvição de Chakra)
Quem Usa: Akado Yoroi, Jiroubou, Suikon, Seimei.
Rank: B
Selos: Tigre
Descrição: Uma habilidade que permite que o usuário absorva o chakra de um oponente (energia espiritual e física) através da palma da mão. Absorvendo o chakra, o oponente torna-se rapidamente enfraquecido, dando assim a chance de vitória do usuário.  


❝ Kanashibari no Genjutsu (261)❞

A bem verdade era que o rapaz após ter aprendido a evitar a maioria dos genjutsus, somados a seu monóculo entregue por uma pessoa do passado, que costumava ser querida, mas hoje provavelmente seria combatida com o mesmo fervor que um inimigo antigo. Faziam-se estes dois pontos, o melhor argumento para não necessitar treinar genjutsus, não gostava de estar em um por isso procurava não por seus inimigos em um, preferia uma luta corporal, cara a cara, ou então uma batalha entre ninjutsus, a sua especialidade, mas as pessoas não compartilhavam a sua visão sobre o mundo, e utilizavam-se do genjutsu a seu bel prazer, em oponentes que não tinham o conhecimento necessário ou amuletos para se proteger até mesmo dos mais básicos, este era um genjutsu que queria fazer, pois viu o mascarado paralisando a Kazekage, se perguntou daquele dia até o de hoje se ela estava paralisada de medo ou realmente era um genjutsu.
Conhecendo o Kanashibari no Jutsu, pensou que o mesmo poderia ser uma variação só que sem a utilização de armas, apenas com o seu chakra, teve que criar um clone e remover o monóculo do mesmo, para poder começar o treinamento desta técnica, uma vez cara a cara com o seu oponente arranjado, Ethan expandiu seu chakra como se fosse utilizar outro genjutsu qualquer, porém se concentrou em dizer aos impulsos nervosos do corpo de seu oponente que os seus nervos e musculatura haviam petrificado, impossibilitado que os mesmos se movessem, quando obteve sucesso em seu treinamento, apenas desfez o clone, acabando com sua agonia.

Jutsus aprendido:


Kanashibari no Genjutsu
(Técnica Ilusória da Paralisia Corporal Temporária)
Quem Usa: Senju Tsunade e Kabuto (apenas nos games)
Rank: D
Descrição: Uma variante do Kanashibari no Jutsu, só que não utiliza agulhas e é um Genjutsu, o inimigo olha nos olhos do usuário e então fica paralizado por algum tempo, o suficiente para o usuário fugir ou atacar. Tsunade usou esse jutsu contra os lendários irmãos idiotas. Esse genjutsu pode ser usado contra mais de um inimigo ao mesmo tempo, pois Tsunade paralisou os dois irmãos com o jutsu.


❝ Konoha Style: Youth Exercise (251)❞

Não era segredo para o próprio Ethan a sua precariedade com os taijutsus, possuía diversos jutsus, e tinha as formas corretas de evitar os genjutsus, mas não sabia quase nada de taijutsus, apesar de sua alta velocidade e agilidade, o rapaz era um zé ninguém em golpes corporais, e como havia prometido a um tempo atrás, no que parecia ser outra vida, dedicaria uma parte de seu treino para a realização de taijutsus competentes.
Resolveu começar então com um rank relativamente alto para taijutsus, um chute tão rápido e forte que iria fazer com que suas roupas entrassem em combustão devido ao atrito, criando um alvo feito de pedra e endurecendo o mesmo da forma devida, Ethan começou a golpeá-lo com sua canela, começou devagar e então aumentou a velocidade gradativamente, até que sentisse os músculos saltando para fora, com a repetição do movimento, seu corpo criou um tipo de memoria característica do chute, realizando o movimento de forma mais rápida que a anterior, isto fez com que suas roupas entrassem em combustão, uma vez que o atrito se tornou tão alto que elas super aqueceram, este era o exato ponto que Ethan queria chegar, agora poderia usar uma variação de quase todos os elementos, criava fogo em sua perna sem ter Katon, controlava os ventos sem ter Fuuton, tinha Doton e Raiton para controlar a terra e os raios, só faltava então o controle sobre as águas para o rapaz poder se chamar de detentor dos conhecimentos dos elementos naturais.

Jutsus aprendido:


Konoha Style: Youth Exercise
(Estilo da Folha: Exercício da Juventude)
Quem Usa: Maito Gai
Rank: B
Função: Atacar
Descrição: Maito Gai realiza um forte chute flamejante no inimigo.


❝ Doton Ninpou - Mogura Tataki no Jutsu (271)❞

Ah, o doce e ultimo treino, aquele que é realizado ao cair da noite, que antecede a hora do sono, e quando o seu corpo mais pede por um descano a hora perfeita para mais um exercício físico havia chegado, desta vez então iria inciar novamente o seu caminho pela arte elemental da terra, sentia que estava cada vez mais próximo da dominação de todas as técnicas Raiton, mas ainda via o longo caminho que tinha que percorrer quando se tratava de técnicas do tipo terra.
Esta diferente da que já havia treinado hoje, não era sobre cúpula, se assemelhava mais a técnica de aderimento a superfície usada pelo mascarado e aprendida pelo garoto a não muito tempo atrás, a falta de segredo tornava o treino até entediante, mas era bem verdade que precisava treinar de forma rápida, uma vez que seu corpo ansiava por uma cama e uma boa noite de sono.
Não havia segredo aqui, controlando o elemento terra, Ethan iria modificar as moléculas da terra desta vez ao invés da sua, facilitando o seu caminho por entre a superfície terrestre, foi o que fez, encontrou alguns túneis subterrâneos ligados a caverna enquanto realizava o jutsu, decidiu que deveria por alguns animais de vigia, mas isto era uma tarefa para depois, uma vez que já havia aprendido a utilizar este jutsu, não lhe restava mais nada além de ir dormir.
Procurou então um lugar aconchegante para dormir, achou uma especie de dormitório mas decidiu deitar no chão, estava certo de que as duras pedras da caverna iriam fazer menos mal a suas costas do que o colchão daquelas camas.

Jutsus aprendido:


Doton Ninpou - Mogura Tataki no Jutsu
(Arte Ninja do Elemento Terra - Técnica da Topeira Subterrânea)
Quem Usa: Deidara e Tobi
Rank: C
Nota: Tobi usa somente no anime.
Primeira Aparição: Episódio 30 Shippuuden
Descrição: Parecido como o Doton: Dochuu Eigyo no Jutsu, o usuário entra na terra e aparece no lugar desejado com uma velocidade incrível.

3 Re: Área de Treinamento Nukenin em Sex 18 Set 2015, 18:03

Aprovado
Tu adiciona na tua ficha?

4 Re: Área de Treinamento Nukenin em Seg 21 Set 2015, 01:53

Local do treino: Área demarcada da Caverna.
Número de Treinos na semana: 7/7
Objetivo do Treino: Treinar os 7 semanais.
Jutsu Aprendido: Doton - Yomi Numa, Sumi Bunshin no Jutsu, Bunshin Bakuretsu, Kasumi Juuha no Jutsu, Raiton - Sandaa Saaburu, Magen • Kokuni Arazu no Jutsu, Kyaku Kick.
Números de Palavras: No texto
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus, Treinamento de Bijuus

❝ Doton - Yomi Numa (513)❞

 Ethan ainda estava se acostumando com este novo tipo de mascara, ainda tinha que resolver a questão do monóculo, como utiliza-lo sem levantar suspeitas, é claro que ninguém nunca o viu usando e a única pessoa que sabe da existência e permanência do mesmo em sua posse, são ele e a antiga Kage do que hoje são as ruínas de uma vila esquecida, lembrar daquilo já não causava mais náuseas no rapaz, tinha superado no momento em que revestiu seu rosto com uma mascara feita de pele humana, pintado e modificado o seu corte de cabelo, precisava agora deixar de utilizar os seus jutsus característicos, que eram basicamente os seus animais de tinta, tudo que conhecia e utilizavam tinha base em seus hijutsus de técnica da grande besta de tinta.
  Procurando novos meios de realizar outras técnicas de ninjutsus, Ethan se deparou com uma ténica peculiar, baseava-se numa técnica rank C qualquer porém de rank mais forte, seria loucura tentar aprender a técnica mas Ethan tinha quase certeza absoluta de que iria conseguir, começou então o seu treino do segundo elemento que descobrira, uma técnica Doton que mudaria o terreno quase que completamente, deveria ser realizado em solo rochoso ou arenoso, isto Ethan tinha. Não ia ser difícil para o rapaz moldar a terra abaixo de sí e transforma-la em nada mais do que um pântano lamacento que iria tal como areia movediça sugar tudo que estiver acima de sí para dentro, não existiam meios conhecidos e nem o próprio Ethan sabia de algum para evitar que o pântano o puxa-se, afundar em meio a lama do pântano do submundo era quase que inevitável.
 Com um selo de mão Ethan começou a modificar a estrutura molecular do terreno rochoso sobre seus pés, removendo a densidade do mesmo e adicionando partículas de H²O utilizados para fazer areia movediça, isto fez com que a terra em volta do rapaz se torna-se lama, uma pequena área deixou de ser rochas e pedras para se tornar a lama do pântano, infelizmente o garoto teve que começar a repetir todo o processo novamente, necessitava de uma área tão grande que pudesse por ali o demônio que o homem misterioso vivia invocando, sua sisma com aquele homem talvez fosse um dia causar sua ruína mas enquanto o ajudava a ser forte Ethan não se importava com quantos ovos deveria quebrar, começou então a refazer os passos feitos anteriormente, transformar basicamente as moléculas densas em algo diferente mais mole e acessível, literalmente tinha a intenção de transformar terra em lama, seria mais simples com a utilização de suiton mas no momento o rapaz não tinha muito contato com este tipo de jutsu, na sua segunda tentativa o rapaz conseguiu transformar uma extensa área em lama. Agora Ethan só tinha que tentar provar da sua teoria de que o usuário não era afetado pela técnica, pisou firme então no pântano, e quando percebeu que não caia no mesmo, começou a patinar por toda a superfície, deixou ainda que o pântano o suga-se só para subir em áreas diferentes, por pura diversão.

Jutsu Aprendido:


Doton - Yomi Numa
(Elemento Terra - Pântano do Submundo)
Quem Usa: Jiraiya
Rank: A
Primeira Aparição: Naruto Clássico Episodio 92
Descrição: Um pântano aparece, afundando tudo o que estiver em cima. Não há nenhum meio do oponente que estiver em cima do pantano não afundar. Seu criador pode ficar sobre o pântano sem afundar, controlando o chakra do pântano. Mesmo que seja puxado, o pântano não permite que seu criador afunde, a menos que seu criador queira ser afundado.


❝  Sumi Bunshin no Jutsu (250)❞

Pensar em abandonar as suas técnicas mais básicas fez o menino sentir saudades de desenhar, já havia desenhado todo os tipos de animais que um ser humano pode pensar, desde pequenos e inofensivos ratinhos até grandes e mortais pássaros, podia-se dizer que Ethan era uma pessoa vivida apesar da idade, e neste tempo todo que viveu, cruzando os países do grande continente nunca achou um jutsu que gosta-se mais do que a técnica ninja da grande besta de tinta, porém uma das coisas da qual nunca havia feito era se desenhar, achava-se belo a sua forma mas nunca viu sentido em desenhar a si mesmo, nunca tinha chega-do a ser tão narcisista assim, mas quando a sua face refletida na água é a única coisa que você consegue ver em dias você meio que começa a apreciar os dotes que lhe foram dados.
  Começou então a se desenhar enquanto se olhava no reflexo da água, queria concertar alguns erros que julgava o deixar feio, mas o rapaz conseguiu controlar o seu impulso nervoso, pois sabia que se não saísse perfeito não estaria executando a técnica corretamente. Como um bom desenhista Ethan passou horas ali, amassou mais folhas de papel do que gostaria de admitir, até que finalmente conseguiu, um desenho perfeito de si mesmo, então ele repetiu o desenho, como sempre fazia com suas feras, para pegar pratica e desenha-los rapidamente em batalha, quando havia desenhado cinco daqueles, deu vida ao que parecia ser sí mesmo, um clone de tinta.

Jutsus aprendido:


Sumi Bunshin no Jutsu
(Técnica do Clone de Tinta)
Quem Usa: Sai
Rank: C
Primeira Aparição: Episódio 45 Shippuuden
Descrição: Usando sua técnica de tinta Choujuu Giga, Sai cria um clone. Se o clone
for machucado ele volta para seu estado de tinta normal.


❝  Bunshin Bakuretsu (500)❞

Depois de realizar uma técnica de criação de clones, correlacionadas a jutsu da grande besta de tinta, Ethan voltou atrás, não poderia desaprender seu novo jutsu, esta era uma informação que ficaria guardada em sua memoria para o resto de sua vida, resolveu então que iria treinar novamente jutsus de clonagem, pensou em um jutsu de clones massivos da sombra ou "Tajuu Kage Bushin no Jutsu", seria uma boa forma de atacar as pessoas e economizar no chakra utilizado para criar clones, mas resolveu ficar com um jutsu ainda mais complexo e com gasto maior, o jutsu do clone explosivo, Ethan mal fazia clones em batalha mas quando fazia acabava esquecendo do rapaz, ou o desfazendo muito cedo, neste caso o gasto poderia ser recompensado devidamente com uma bela explosão, tinha certeza que a explosão era um tipo aperfeiçoado de arte, algo mais bruto de mais ação, não era refinado como suas pinturas mas arte era arte, decidiu que iria fazer uma reprodução de Pearl Harbor de Michael Bay com aquele novo jutsu que estava prestes a aprender.
   Seu treinamento iria começar e pela primeira vez ele não fazia ideia do que deveria fazer para explodir seus clones, então primeiro criou uma experiencia para fazer algumas anotações, criou três clones, e os posicionou em linha reta, colocou então uma tarja explosiva em dois deles e com um estalar dos dedos eles começaram a se mover rapidamente, enquanto Ethan permanecia de olhos fechados, tudo para o bem da experiencia, que iria consistir em troca-los de lugar e então Ethan deveria não só ativar o selo mas também explodir o que não possui selo algum, depois de algum embaralhamento ele finalmente abriu seus olhos, eram todos iguais e não possuíam os selos explosivos amostra, então com um selo Ethan explodiu um dos clones, e depois outro, perguntou para o sobrevivente se ele possuía algum selo explosivo, o rapaz se frustrou quando o mesmo balançou a cabeça negativamente.
  Repetiu o processo novamente, só que desta vez pos um selo em apenas um deles, um deles explodiu e assim como anteriormente logo depois outro acabou explodindo também, a técnica havia sido aprendida mas deveria ser aperfeiçoada agora, perguntou para o homem se ele possuía algum selo, a resposta como de costume foi não. Novamente haviam três clones em uma linha reta, olhando para Ethan, apenas um carregava o selo explosivo, este não deveria explodir, Ethan tinha que ativar apenas as explosões dos clones explosivos, concentrado e já sabendo a realização da técnica com apenas um estalar de dedos dois clones explodiram, sorrindo o rapaz perguntou para o sobrevivente se ele tinha algum selo, balançando sua cabeça positivamente e sorrindo o clone desapareceu em meio a fumaça, com o jutsu aperfeiçoado e pronto para uso em batalha não havia mais o que fazer ali, liberando Ethan para continuar a sua série de treinamentos, o próximo jutsu seria mais um que envolvia clones, podia se dizer que o garoto estava apreciando uma onda de clonamento.

Jutsus aprendido:


Bunshin Bakuretsu
(Clone Explosivo)
Quem Usa: Uchiha Itachi
Rank: A
Primeira Aparição: Episódio 81 Naruto Clássico
Descrição: O usuário cria um clone de sombra que explode na hora que ele desejar ou se o inimigo destruí-lo.


❝ Kasumi Juuha no Jutsu (153)❞

Uma das coisas mais legais neste mundo é quando paramos para notar a força de jutsus fracos, se você pensar bem uma pessoa com cerca de cinquenta jutsus fracos tem uma vantagem absurda sobre uma pessoa com dois jutsus extremamente fortes, isso acontece devido a variedade de jutsus e facilidade com que podem ser utilizados os jutsus fracos, este era o segredo de um milhão de dolares que fazia Ethan ser bom em suas estratégias, saber que todos os jutsus são importantes.
 Ainda na onda de criação de clones, Ethan começa a criação de clones mais simples, eles não eram uma copia perfeita sua e sim humanoides de coloração preta, que apenas surgiam sem parar, a técnica era tão fácil de ser realizada e gastava tão pouco chakra que ele podia criar uma quantidade absurda de clones, por fim começou a atacar todos eles, eles eram golpeados mas não sentiam nada, como zumbis.

Jutsus aprendido:


Kasumi Juuha no Jutsu
(Técnica do Servo de Bruma)
Quem Usa: Oboro, Mubi e Kagari
Rank: D
Descrição:Técnica usada pelos três Genins da Vila Oculta da Chuva, onde eles
criam clones pretos, que quando são atingidos não se desfazem, porem não
atacam.  


❝ Raiton - Sandaa Saaburu (509)❞

Depois de treinar o que Ethan julgava ser uma versão de jutsu mais fraco do seu de estilo doton que consistia em levantar os mortos, Ethan estava pronto para mais um treino elemental, desta vez iria se beneficiar dos jutsus de elemento trovão. O rapaz tinha quase certeza de que já havia treinado algo parecido com este jutsu e como sempre buscava aprender teoricamente o funcionamento de todos os jutsus, devido a uma mania sua de querer saber de tudo quase sempre, o que alguns chamavam de curiosidade informativa, foi por isso que passou a maior parte da sua vida lendo pergaminhos e livros, tudo em busca de um aprendizado melhor sobre o mundo, por isso gastou os primeiros dez minutos de treino apenas tentando relembrar que jutsu peculiar tinha sido este que havia treinado e agora se deparara com uma outra versão do mesmo.
 Quando lembrou que o jutsu se assemelhava muito ao Twister Lightning , já sabia como iria realiza-lo de forma fácil e eficaz, começou a canalizar bem devagar chakra em sua mão, sabia que não precisaria de tanto quanto no Twister Lightning mas quando o jutsu era mais fraco, tinha que se ter um controle melhor, pois existe uma larga diferença em despejar poder de uma forma absurda apenas para atingir um oponente e fazê-lo cair e usar um jutsu de rank baixo de forma sábia e controlada, Ethan tinha uma historia com o Twister Lightning ainda se lembrava de como havia derrotado o ninja favorito de Konoha, o Kakashi com aquele jutsu, esperava então ter tantas historias boas como aquela para contrar sobre este novo e mais fraco jutsu, porém não inutil é claro, Ethan já sabia como e quando usa-lo.
  Após horas apenas canalizando e liberando o chakra de elemento trovão em busca de uma simetria e controle perfeito, Ethan finalmente pode atingir a sua tão sonhada "perfeição" no controle daquele novo jutsu, tudo que tinha a fazer agora era começar a liberar as rajadas, esticando então sua mão canalizada com chakra de elemento trovão o rapaz libera uma rajada em direção a parede rochosa, ele pode sentir sem duvidas todo o local tremer, só se tocou que era uma ideia ruim utilizar as paredes da caverna quando a mesma já estava quase desabando,desta vez mudou seu alvo para o chão a dez metros de distancia do mesmo, não precisou de muitas repetições, estava começando a fritar o solo de uma forma tão precisa que a parte golpeada diversas vezes parecia estar começando a ficar infértil, apenas três e o jutsu já estava sendo executado de uma forma aceitável para os níveis do rapaz, além do que não seria uma boa ideia continuar a lançar rajadas de raio naquele local, a infertilização do solo trazia doenças e poderia matar não só a fauna do local mas como a flora também, portanto uma vez satisfeito com os resultados de seu treinamento ele passou a pensar em começar outros treinos de outros jutsus, desta vez mais afastado daquela área, deveria deixar a mesma se recuperar.

Jutsus aprendido:


Raiton - Sandaa Saaburu
(Elemento Trovão - Impacto Relampago)
Quem Usa: Ranke
Rank: A
Nota: Ninjutsu usado somente no Segundo Filme.
Descrição: O usuário gera um relâmpago em sua mão e então golpeia seu alvo causando um impacto explosivo.


❝ Magen • Kokuni Arazu no Jutsu (261)❞

Disfarçar o local, era uma bela técnica, Ethan tentou ignorar o fato de que estava começando a ficar obcecado com as técnicas do mascarado e resolveu que iria treinar aquele genjutsu estranho que fez com que o gabinete simplesmente se torna-se um prédio qualquer, se não fosse pelo presente da Kazekage, nunca teria adentrado no local e talvez a vila oculta da areia fosse mais do que meros escombros no deserto, uma sombra de sua antiga glória, talvez um dia Ethan passe por lá, talvez ele sinta algo como gratidão pelos tempos que passaram mas agora, tudo era informação e poder, e iria fazer com que elas ficassem na palma de sua mão.
 Começou então, sabia como lançar genjutsus e agora o que mais queria era um local luxuoso, então pois a si mesmo num genjutsu e começou a transformar a caverna em um belo hotel cinco estrelas, escadarias surgiram, um mordomo e um hoteleiro, ao fundo um local que servia bebidas com um palco onde garotos sensuais dançavam ao som de músicas animadas, pessoas riam, tinham algumas bandanas, rostos conhecidos, quando viu em seu genjutsu o mascarado, saiu dele assustado, acordando de um pesadelo, rezando para que ele não estivesse em sua caverna, não de verdade, ainda não estava pronto para mais um embate, mas aquilo fez ferver seu sangue, como aquele homem se atrevia a pular em seu genjutsu, iria sofrer as consequências de forma inimaginável, Ethan só tinha que seguir seu plano até o final, quando estiver pronto irá de encontro com o mascarado para uma luta final.

Jutsus aprendido:


Magen • Kokuni Arazu no Jutsu
(Ilusão Demoníaca • Técnica do Disfarce da Folha)
Quem Usa: Oboro, Kotetsu Hagane
Rank: B
Descrição: Uma técnica de ilusão que disfarça os arredores como algo mais.


❝ Kyaku Kick (252)❞

O ultimo treinamento antes que Ethan deixe a caverna, passou dias severos naquele lugar, uma semana inteira e sua aparencia ainda estava tão deslumbrante como quando morava em uma vila, as coisas não estavam muito boas para o rapaz, mas ainda não havia ninguém em sua cola, não achou que viriam e nem que mandariam alguém, provavelmente todos estão mortos e condenados, assim era melhor, não precisava se preocupar com as traições que sofreu, ainda se lembra de praguejar e chama-los de malditos por horas, queria ver cada um deles queimar.
Mas não havia mais tempo para o passado, deveria voltar a seus afazeres, este jutsu era mais um taijutsu, gostava de deixa-los para próximo ao final devido ao cansaço que eles lhe dão após o treino, basicamente deveria dar um chute muito forte em seu oponente, se aproximou então de uma da parede das cavernas, a que parecia mais resistente, e começou a praticar ali chutes, e mais chutes, concentrando chakra e fortalecendo cada vez mais os golpes, até que a parede finalmente rompeu, revelando uma continuação da caverna, aparentemente estava seguro naquele local, sem riscos de desabamento, mas ainda tinha que deixa-lo, por motivos pessoais que somente sua mente calculista e doentia poderia entender, então descanou mais uma vez no local, dormiu sem problemas respiratórios devido a mascara dessa vez, já havia se acostumado com um rosto diferente, foi ai que partiu para a entrada do local, pronto para partir do local que havia se tornado para ele uma casa.

Jutsus aprendido:


Kyaku Kick
(Chute Pedra)
Quem Usa: Uchiha Sasuke, Uchiha Itachi, Koori Haku, Rock Lee e vários outros ninjas
Rank: B
Função: Atacar
Descrição: O usuário dá um fortíssimo chute no inimigo, fazendo ele voar longe com ossos fraturados.

5 Re: Área de Treinamento Nukenin em Seg 21 Set 2015, 07:18

Ok

Tu add na ficha ai

6 Re: Área de Treinamento Nukenin em Dom 17 Jan 2016, 01:26

Local do treino: Área externa da caverna (Sei que no tópico diz área interna, mas treinei do lado de fora e dane-se).
Número de Treinos na semana: 2/7
Objetivo do Treino: Aprender uns jutsu e pá.
Jutsu Aprendido: Shinra Tensei (Apenas escala pequena, Rank S), Fuujutsu Kyuuin.
Números de Palavras: 1183, sendo 1000 as necessárias para a conclusão do treino.
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus, Treinamento de Bijuus

❝  †  ❞



 A chuva que havia assolado o local e inundado boa parte do território já havia se cristalizado e dado lugar a uma nevasca singela, os cheios rios tinham se congelado em uma camada fina de gelo, a temperatura marcava exatos  -12 graus quando Frank resolveu sair da caverna pela abertura no noroeste, esta era diferente, notou que parecia ser feita por mãos humanas, mas ignorou o fato diante de sua irrelevância e prosseguiu com passos curtos e impacientes.
- Já deveria ter chegado... - Falou consigo mesmo, e então suspirou - Acho que não tenho escolha. - Olhou de relance para um galho, enquanto falava sozinho, e com um gesto simplório de suas mãos moveu o galho tal como uma rajada de vento o faria, curvando-o para a direita, e com sussurros Frank contou - 1...2...3...4...5 - E então repetiu o gesto, fazendo o galho dobrar-se mais uma vez, desta vez a parte mais fraca da madeira cedeu devido a repetição do movimento, e o galho foi arremessado até a extensão do empurrão gerado pela força de um único movimento.

 Caminhou até o galho quebrado e pegou-o para examinar, a madeira era certamente carvalho e isso gerou uma breve explicação do porque demorou tanto para romper-se, prosseguiu, abrindo caminho pela mata fechada, tinha um local para ir, e não precisava ser rápido e sim cauteloso, estava no berço da criminalidade e não iria demorar para que um ou dois o abordasse em busca de pertences ou ouro, de certo não desejava ser roubado, já tinha em mente o que desejava fazer com suas riquezas, o caminho ia surgindo lentamente a sua frente, o mato ia sempre ao chão até três metros a sua frente, até que caminhasse até lá, já haviam se passado sessenta segundos ou mais, e foi assim até que finalmente encontrou o rio pelo qual se guiava, seguiu pela rio congelado, procurando um resquício de luz solar escondido nas nuvens em busca de uma orientação sobre as direções que pretendia seguir, estava próximo do local, ao menos isso sabia, talvez se seguisse ao norte, e em seguida para noroeste, era difícil dizer, boatos nasciam em bocas diferentes e apontavam direções diferentes, mas a descrição era sempre a mesma, uma caverna que só certas pessoas podiam ver, decerto estaria mofando, que outro motivo teria para não aparecer durante mais dois séculos se não fosse a sua total extinção?

- Talvez seja só uma lenda. - Disse por fim, quando falhou em encontrar as direções.
- Precisa de uma bussola senhor? - Uma voz chamou-o, mas não era a voz que esperava ouvir, se virou rapidamente, para dar de cara com um ninja maltrapilho e caolho, outros dois atrás deveriam ser gêmeos de cicatrizes, pois ambos tinham uma horrenda que lhes cortava diagonalmente a face, fora isto pareciam ser diferente em todo o resto, um era branco o outro era afrodescendente.
- Apesar de eu precisar, não acho que teria alguma com você. Ou teria? - Quis saber, mas o sorriso malicioso do homem já dizia tudo, não pretendia ajudar Frank, e avançou com uma arma na mão para deixar isto bem claro, ele era bom em corpo a corpo, era mais rápido, certamente, e subjugou o rapaz de cabelos brancos de todos os modos, mas não parecia ser muito inteligente, a sua ferocidade era indevida em um local como aquele - Devia ter mais cuidado quando batalha pisando em gelo fino - Avisou-o Frank, justamente quando o barulho de gelo rachando assolou seus ouvidos, e jogou o desconhecido no fundo do rio tão rápido que ele não teve tempo de controlar o fluxo de seu chakra para permanecer em pé, com a temperatura congelante do rio, ele não voltaria a superfície a menos que recebesse ajuda, era então a vez dos gêmeos, tinham ataques combinados, e vinham de diferentes direções, isto é provavelmente o que os levou a adquirir tamanha cicatriz, eram lentos mas usavam a sua vantagem numérica muito bem, seus ataques era brutais e faziam com que Frank recuasse, quando notou já estava entre o mato, longe do rio, e agora os ataques vinham de direções aleatórias e surpreendente, tinham o acuado por completo, isto era certo, com toda aquela vantagem já conseguiam cortar a pele do rapaz de forma quase que profunda, foi então que finalmente se irritou e quando surgiram por mais uma vez o rapaz os lançou longe movendo os braços, expulsou tudo num raio de cinco quilômetros e em 360º, isso deveria ser o suficiente para lidar com pessoas como aquelas, mas foi surpreendido com o som de raios vindo em sua direção, teve tempo de para-lo com as mãos, sentiu o braço tremer, enquanto as ondas passavam por suas moléculas, tinha que absorver, mas sabia que ainda não era capaz, quando terminou, pode ver as marcas daquilo que não conseguiu "engolir" na palma de sua mão.

- Como, deveria ser peixe frito neste momento! - Disse perplexo o molhado antagonista da historia.
- Permita-me manter meus segredos, da mesma forma que mantém os seus - Respondeu Frank, imaginando como ele tinha saído do rio, naquelas condições, haviam marcas profundas de gelo grudado em sua pele, e ele tremia a cada passo que dava, se aproximava, e de tempos em tempos, lançava rajadas elétricas em direção ao rapaz, que se defendia apenas utilizando as mãos, e a cada vez que utilizava-se daquele recurso ele sabia que ficava melhor, mais fácil, e não só sentia-se defendendo, mas seu chakra cresciam tal como era de ser, afinal, era uma esponja absorvendo o que lhe era lançado a sua volta, não sabia o porque o homem continuava, talvez ainda não tivesse percebido - É melhor parar. - Avisou-o novamente, não queria que ele morre-se só queria seguir seu caminho sem interferências, e talvez aquilo fosse pedir de mais.

- Calado, monstro! - Gritou de volta o homem, enquanto ainda continuava os seus ataques inúteis, por fim, lançara uma rajada tão fraca e lenta que Frank apenas deslizou para o lado, e a deixou passar, observando com os olhos, enquanto ouvia o desabar do homem na terra, olhou-o com pena.
- Não consegue se manter longe de problemas? - Falou uma voz por trás de si, esta era a que ele realmente queria ouvir. Virou-se para encarar os olhos brancos e desiguais - Eu te esperei, mas aparentemente tinha coisas melhores para fazer. - retrucou Frank, olhando-a.
- Eu disse que estava procurando, mas confesso que cheguei aqui a tempo de ver os seus pequenos problemas, levou dez anos, mas finalmente parece que esta se assemelhando a ele. - Sua voz tinha um certo tom de desinteresse, mas o rapaz sabia que era um elogio, não importava, estavam amarrados até que suas missões naquele plano terrestre terminassem.
- Achou? - Quis saber o rapaz.
- Não seja impaciente, venha vamos voltar. - Retrucou.
- Estou começando a achar que tudo não passa de uma farça. - Falou, enquanto dava meia volta, procurando o caminho por onde viera, ela não lhe respondeu, apenas guiou-se pelo caminho em silêncio, enquanto os pequenos raios do sol se tornavam cada vez menores, até deixarem de existir.



F.F.
HP: 2200/2200
CK: 4000/4000
ST: 1000/1000

V: 21 m/s
Mente: 7


Considerações:

• Todo movimento cujo a velocidade não foi citada no próprio post, em um número especifico é claro, foi realizado em minha máxima velocidade (21 M/s)
Atenção: O treino foi mais uma "batalha", isso porque devidos a motivos de historia meu personagem já possui conhecimento dos jutsus, e sabia utiliza-los embora não perfeitamente, fiquei sem ideia de como só "aperfeiçoa-los" e como não desejava mil palavras de repetições, resolvi realizar uma pequena batalha. Quanto a pessoa com quem converso, é um NPC que estarei postando a ficha mais tarde.


Armas tradicionais:

Kunais: 50
Shurikens: 30
Fuuma Shurikens: 30
Senbons: 35
Tarjas Explosivas: 25
Bombas de Fumaça: 10
Bombas de Luz: 10
Fios de Aço: 100 m

Jutsus Aprendidos:


Shinra Tensei
(Retribuição Divina)
Quem Usa: Nagato,Pein Círculo de Deus, Eremita dos Seis Caminhos
Rank: S (Pequena escala) Superior à S (Média escala), Extremamente superior à S (Grande escala).
Nota: Essa técnica não é um Jutsu contínuo, ou seja, ela exige um intervalo de tempo durante suas execuções; porém esse intervalo de tempo é mínimo (5 segundos), chegando a ser praticamente inexistente. Quanto mais forte o jutsu é usado, mais tempo demora para se usa-lo novamente.
Nota²: Quando aplicado com máxima potência é considerado um Kinjutsu
Nota³: Por saber usar o jutsu Chibaku Tensei, especula-se que o Eremita dos Seis Caminhos também saiba usa-lo
Descrição: Shinra Tensei é a capacidade de manipular a gravidade para repelir matéria à distância. Dependendo da quantidade de força do Caminho Deva coloca neste Jutsu, pode facilmente quebrar a madeira,ossos ou pedra.Ao usar esta técnica como uma medida defensiva, todos os ataques direcionados para o usuário são dissipados, não importa o tamanho ou a massa. A única desvantagem desta técnica é que existe um curto período quando é inutilizável depois de ser utilizada, embora apenas por cerca de cinco segundos.Se uma grande quantidade de chakra for suficientemente enraizados no chão, as forças de repulsão pode ser resistido, embora isso só é exibido por Naruto e com a ajuda da Kyuubi. Shinra Tensei também pode ser utilizado em maior escala de destruição maciça. Antes que possa ser utilizado, Nagato deve romper sua ligação com todos corpos,exeto Deva (presumivelmente para canalizar todo o chakra disponíveis através dele). A gravidade maciça é criada acima da meta, esmagando tudo debaixo de uma explosão titânica. Usá-lo nesta escala encurta o tempo de vida de Nagato e deixa-o incapaz de utilizar o caminho Deva por vários minutos.


Fuujutsu Kyuuin
(Selo da Absorção de Técnicas )
Quem Usa: Pein círculo dos fantasmas famintos
Rank: S
Descrição: Ao reverter a circulação de Chakra do próprio corpo, esse corpo de Pein é capaz de absorver a energia de um Jutsu lançado contra ele. Ele então dispersa o Chakra absorvido e engole seu poder. Também é dito que esse corpo de eremita é capaz de absorver qualquer Jutsu, independente da Natureza do Chakra.

7 Re: Área de Treinamento Nukenin em Dom 17 Jan 2016, 01:34


adicione na ficha
aprovado


HinHyuuga

8 Re: Área de Treinamento Nukenin em Ter 19 Jan 2016, 15:44

Local do treino: Área externa da caverna (Sei que no tópico diz área interna, mas treinei do lado de fora e dane-se).
Número de Treinos na semana: 2/7
Objetivo do Treino: Aprender uns jutsu e pá.
Jutsu Aprendido: Chibaku Tensei, Yatai Kuzushi no Dan.
Números de Palavras: 1240/1000.
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus, Treinamento de Bijuus

❝  †  ❞



Frank não demorou pra chegar na caverna novamente, afinal estava sendo guiado por Alba, e ela parecia sempre saber o caminho, parte de seguir um subordinado deixava Frank desconfortável, isso só demonstrava o quão superior Alba demonstrava ser em relação a ele, muito embora se vissem como iguais, Frank sabia que mais cedo ou mais tarde teria que tomar uma decisão que a mocinha viria a descordar e ele temia não ser forte o suficiente para impor o seu respeito. Estavam quietos quando chegaram e assim permaneceram por todo o tempo em que Alba fez uma fogueira dentro da caverna para aquecer ambos, estavam ouvindo o crepitar do fogo e observando a dança que as chamas faziam em um silêncio quase que constrangedor.

— Agora que já consegue realizar o básico, deveria tentar fazer uma segunda lua. — Disse Alba, quebrando o silêncio noturno e interrompendo a canção dos gafanhotos.
— Não acha muito cedo? — Retrucou o rapaz sem tirar os olhos das chamas.
— É tarde, talvez seja tarde até de mais. — Treplicou sem vacilar, enquanto atiçava o fogo com um pedaço de galho qualquer — Se você pudesse utilizar desde agora, talvez poderíamos entrar em marcha pelo amanhecer. — Proferiu por fim Alba, deixando cair o graveto nas chamas da fogueira, que logo o reduziu a brasas, Frank finalmente a olhou, parecia bela quando iluminada pela fogueira, as marcas eram realçadas no pescoço, lhe lembravam enforcamentos, mas não sabia exatamente o porque.
— Quer dizer, aqui e agora? — exprimiu-se com surpresa, não imaginava que teria de se preparar para algo tão grande e de uma forma tão repentina. — Não saberia nem por onde começar. É melhor não. — Terminou, e este seria o fim do assunto em uma relação normal entre chefe e subordinado, mas Alba sempre tem que dar a sua opinião final, e Frank sabia que não iria tardar a vir.
— Eu estava lá quando ele a fez, poderia lhe ajudar. — Insistiu, após cinco minutos de profundo silêncio — Se não o fizer, vai ficar para trás — Prosseguiu, aquelas palavras tocaram Frank, quem iria o passar para trás, quem poderia se opor a uma missão divina?! Se fosse ainda o ingênuo rapaz que era antes de encontrar o Predecessor, ignoraria aquilo, mas sabia que tinham pessoas destemidas o suficiente para desafiar ordens de qualquer deus.
— Pois bem... será como quer. — Cedeu estas gloriosas palavras para a moça, no final.

Passaram longos dez minutos de explicações de como deveria se posicionar, era um jutsu de alta qualidade mas ainda assim não acreditava que eram necessárias tantos adjetivos e nem sabia que existiam tantos elogios para uma posição qualquer, mas lá estava ele, com as pernas arqueadas e as palmas das mãos juntas em frente a seu rosto, uma posição de reza — Isso não me parece certo. — Falou Frank, enquanto observava o rosto risonho da mulher — Esta sim, só rezando mesmo pra você conseguir realizar estes jutsus sem muitos problemas — Brincou, mas logo em seguida voltou ao seu ar sério e habitual — Agora fique calado e concentre-se, é como quando você controla a gravidade para lançar as pessoas longe, só que dessa vez você ira criar uma esfera com o próprio chakra e dar-lhe o seu poder gravitacional, deixando que o mesmo crie um ponto em seu centro tão denso que terá seu próprio eixo gravitacional, como ele é mais forte que o da terra, irá sugar objetos que normalmente estariam presos ao eixo gravitacional da terra para o seu próprio, entendeu ? — Explicou a mulher, tinha que dar o braço a torcer era uma ótima explicação, mas foi tão longa que poderia ter lhe dado sono, tudo que tinha a dizer era que Eg é maior que Tg. Fez o que lhe foi pedido, concentrou chakra na palma das mãos, o liberando através das células como todo o ser humano e o moldando em uma espécie de esfera, quando sentiu-a em suas mãos, abriu a sua palma e deixou que a esfera flutuasse, ela subiu até o teto da caverna e ao colidir-se com o mesmo, acabou por se desfazer. Tentou novamente e dessa vez, acompanhou com as mãos o crescimento da esfera enquanto chakra negro e esférico permanecia imóvel na palma de sua mão, foi ai que coisas estranhas começaram a acontecer, suas mãos ganharam aparências metálicas, o que o forçou a parar e deixar que a esfera finalmente livre, começasse a sugar coisas soltas, tal como madeira em brasa presente na fogueira e alguns relevos de pedra que já estavam presos a tantos anos que sua base rompia-se com facilidade.

— Isso... não é do reino de Deva. — Falou a mulher, como se dizer o obvio explica-se o que havia acontecido. — Isso é de Asura. — Completou Frank, se juntando ao time do obvio. Sabia pouco sobre os reinos, e menos ainda sobre como eles agiam, mas sabia que representavam a raiva, e soube na hora o que tinha de fazer — Você queria se colocar em marcha, certo? — Disse, com um sorriso bobo no rosto. — Sim? — Respondeu Alba com incerteza.
— Pegue as coisas, e corra pra fora do local — Frank disse com tanta convicção que não houve discussão sobre aquela ordem, tudo porque era ele quem detinha o conhecimento daquela vez, enquanto a mulher juntava as coisas em uma grande mochila de viagem, ele ergueu os braços e concentrou-se, seus pensamentos filtravam as coisas boas da vida e deixava com que visse tudo que lhe acontecera de ruim, ódio inflamava seu coração e não tardou para que sua mão esquerda se tornasse mecânica, efetuou três disparos de projeteis, que eram estranhamente seus dedos, lançou o indicador, anelas e o do meio, os três foram em direção a uma parte da parede da caverna criando uma explosão, fumaça tomou conta do local, mas quando ela passou, Alba pode notar que o rapaz estava na posição da lua, ela apressou-se para sair do local pelo buraco deixado pelos projeteis, enquanto o rapaz ficava lá dentro, em profunda meditação...

Do lado de fora, a noite dominava os céus e as estrelas se espalhavam em constelações, mas tudo que Alba podia ver era a segunda lua formada de pedra que subia cada vez mais, ela tinha parado de sugar o resto da caverna, embora já houvesse deixado um rombo notável na parte em que estavam.
— Como conseguiu? — Quis saber — Digo, como desvendou tudo, tão rapidamente? —
— Não fui tão rápido, acredito que seres pertencentes do reino tornariam tudo mais fácil, já que  não haveria filtrações de emoções, quer dizer, se houvesse um único corpo do reino de Deva, ele só teria memorias puras e deístas, enquanto que o do reino de Asura estaria sempre queimando em ódio, se quer saber, isso é uma fraqueza. — Respondeu, embora tenha dado mais voltas do que respondido, mas Frank sabia que ela iria compreender, o chakra mudava de acordo com a sua mente, quando sentia ódio se aproximava mais do reino de Asura e de um dos três venenos, quando estava purificado se aproximava mais das três joias, uma mente normal não pode ocupar tantos reinos, não importa o quanto tente.

Se puseram em marcha antes do sol nascer, saindo do abrigo que tinham encontrado, para um local que assombrava os sonhos de Frank, e só de lembrar das dunas, já fazia com que seu estomago revirasse.



F.F.
HP: 2200/2200
CK: 4000/4000
ST: 1000/1000

V: 21 m/s
Mente: 7


Considerações:

• Todo movimento cujo a velocidade não foi citada no próprio post, em um número especifico é claro, foi realizado em minha máxima velocidade (21 M/s)
Atenção: Fiz um treino, para entender melhor, teriam que ler um pouco sobre o Budismo, sobre os Seis reinos, os venenos e as joias não são importantes. "Como aprendi tão rápido" como já disse, em minha historia eu já realizei todos estes jutsus antes, porém não possuo a prática e nem o jeito, os treinos historicamente falando são pra adquirir o controle.
• Este é um post de treino + viagem, isso quer dizer que sai do local, não vejo necessidade de postar na entrada do lugar, já que no meu post eu criei "outra" saída.
• Não conhece Alba ainda? Veja mais sobre ela aqui.


Armas tradicionais:

Kunais: 50
Shurikens: 30
Fuuma Shurikens: 30
Senbons: 35
Tarjas Explosivas: 25
Bombas de Fumaça: 10
Bombas de Luz: 10
Fios de Aço: 100 m

Jutsus Aprendidos:


Chibaku Tensei
(Destruidor Celestial da Terra)
Quem Usa: Nagato, Pain Círculo de Deus, Eremita dos Seis Caminhos
Rank: S
Nota: É a tecnica Suprema de Pain Círculo de Deus
Nota²: Conforme o mangá 439, o Eremita dos Seis Caminhos usou está tecnica e seu poder foi tão grande que se parecia com o tamanho da lua, pois se tratava do Chibaku Tensei ("Arte Eremita - Destruidor Celestial da Terra") que consiste no jutsu usado no modo Sennin. Porém Nagato não alcança esse poder, pois o mesmo não conteve Naruto com a oitava cauda liberada.
Nota³: Essa técnica foi usada como cartada final de Nagato, pois viu não conseguiria parar Naruto com a Sexta Cauda liberada.
Descrição: Consiste em concentrar uma enorme quantidade de chakra nas palmas da mão criando uma esfera de chakra negro, impossível de ser destruida. Quando lançanda ao céu ela se expande, conforme a vontade de Pain Círculo de Deus exercendo um poder de atração absurdo, atraindo tudo que estiver ao alcançe desse jutsu, consequentemente devastando a área em que esta técnica for utilizada, formando uma pequena lua. O poder de destruição desse jutsu é tão grande que pode até arrancar um pedaço imenso de uma região. Esse jutsu pode arrastar outros jutsus a ao chakra negro absorvendoo o jutsu do inimigo.


Yatai Kuzushi no Dan
(Projeteis de Maxima Destruição)
Quem Usa: Pain Circulo dos Demônios
Rank: A
Nota: Esse jutsu só é possivel devido esse Pein ser uma especie de humanoide
Descrição: Pein Circulo dos Demônios, por ser uma especie de maquina, possui o poder de atirar projeteis destrutivos na quantidade que quiser, como misseis ou bombas, pelos braços, pela cabeça ou até pelo corpo causando efeito destruidor imparável e esse projeteis seguem de acordo com as ordens dele como se fossem tele-guiados.

9 Re: Área de Treinamento Nukenin em Ter 19 Jan 2016, 19:48

Local do treino: Enquanto viajo.
Número de Treinos na semana: 3/7
Objetivo do Treino: Aprender uns jutsu e pá.
Jutsu Aprendido: Kuchiyose • Camaleon Chimera
Números de Palavras: 551/500.
Regra de Treinos: Treinamento de Jutsus, Treinamento de Bijuus

❝  †  ❞



Se tinha uma coisa que Frank odiava mortalmente era andar, seus pés doíam após um dia inteiro de caminhada, e naquele passo nunca iriam chegar a tempo. Estavam mais uma vez em frente a fogueira quando Frank decidiu que era hora de treinar, tinha o potencial, tinha tempo e sabia o que deveria fazer.

— Vou invocar uma montaria. — Comunicou Frank a Alba, num tom que parecia ser mais um pedido de opinião do que ordem.
— Faça como quiser — Respondeu a mulher, que continuou tomando chocolate quente numa caneca feita de porcelana, tão branca como seus olhos, ela vinha estado em profundo silêncio desde o inicio da viagem e apesar de estar habituado com aquilo, Frank se sentia mais desconfortável do que nunca e por isso ele resolveu treinar longe da mesma, se distanciou o mais rápido o possível, e quando os pastos enverdejastes deram lugar a terra árida e dura ele sentiu que já estava longe o suficiente.
— É como viajar sozinho, ou com um boneco, é uma desgraça! — Murmurou bem baixinho pra si mesmo, enquanto dava um pontapé em uma das pedras soltas.

Quando ficou mais calmo, tentou se lembrar de tudo o que sabia sobre o reino animal, era ignorantes o que lhes fazia puro de uma certa forma, embora não se aprendesse isso em templos budistas, acreditam que a ignorância gira em torno do medo e do instinto de sobrevivência do mais apto, algo tão primitivo como a historia por si só. Já havia feito trabalhos de invocação e sabia perfeitamente como utilizar o Kuchyose no Jutsu, mas não era um contrato com um animal, esta era um invocação que não buscava um ser presente neste reino e sim em outro, seria difícil, mas se identificava com os animais, chegando até a ter um sentimento de idolatria. Concentrou seu chakra e tendou regredir na sua evolução, não seria mais um Homo Sapiens e sim como um Homo Erectus, a sobrevivência, a caça, estava no seu sangue ser primitivo, afinal ele também era um animal, uma criatura, sentia medo e pavor diante de certas coisas e era Ignorante como uma porta em diversos assuntos, teceu os selos com cuidado e logo bateu as palmas da mão no chão, gerando uma fumaça gigante que podia ser vista até do acampamento que tinha montado, mas quando ela se dissipou não havia nada lá.

— Frustrante, eu não consigo entender... — Foi ai que ele notou um alvoroço se aproximando, viu tochas e tridentes, tinha atraído a atenção que não desejava, ele só tinha uma chance de escapar dali com vida, fez os selos tão rápido quanto como era criança e realizava todos os selos apenas para adquirir costume, e com o bater de uma palma no chão, invocou ao plano terrestre um animal quase que grotesco, mas era o que ele precisava, o camaleão lançou sua linguá em Frank e o engoliu, teria sido um ato ofensivo, se apenas não estivesse protegendo o seu invocador, o camaleão se tornou invisível escondendo a si próprio e a Frank, e eles observaram a multidão passar confusa e furiosa, quando finalmente desistiram, já era quase de manhã, Frank então prosseguiu para o acampamento, apenas para pegar a sua boneca de porcelana viva, e prosseguir para o seu destino, porém, desta vez, montado.



F.F.
HP: 2200/2200
CK: 4000/4000
ST: 1000/1000

V: 21 m/s
Mente: 7


Considerações:

• Todo movimento cujo a velocidade não foi citada no próprio post, em um número especifico é claro, foi realizado em minha máxima velocidade (21 M/s)
Atenção: Fiz um treino, para entender melhor, teriam que ler um pouco sobre o Budismo, sobre os Seis reinos, os venenos e as joias não são importantes. "Como aprendi tão rápido" como já disse, em minha historia eu já realizei todos estes jutsus antes, porém não possuo a prática e nem o jeito, os treinos historicamente falando são pra adquirir o controle.
• Fiz um treino enquanto estava "viajando", daqui já postarei no local de destino, esperadas as devidas horas de viagem.
• Não conhece Alba ainda? Veja mais sobre ela aqui.


Armas tradicionais:

Kunais: 50
Shurikens: 30
Fuuma Shurikens: 30
Senbons: 35
Tarjas Explosivas: 25
Bombas de Fumaça: 10
Bombas de Luz: 10
Fios de Aço: 100 m

Jutsus Aprendidos:


Kuchiyose • Camaleon Chimera
(Invocação • Camaleão Quimera)
Quem Usa: Pein Círculo das Bestas e Nagato
Rank: S
Descrição: Pein Círculo das Bestas tem a capacidade de reunir muitas criaturas. Uma dessas é um camaleão gigante,que tem a capacidade de ficar invisível,assim fazendo que o usuário também possa ficar invisível. Sua aparência se difere de um camaleão normal (lembra uma quimera) tem o corpo de um camaleão, possui asas, chifres e uma cauda de serpente. Todas as Invocações de Pein Círculo das Bestas possuem olhos semelhantes ao Rin'negan (a aparência é igual mas não apresenta nenhuma das habilidades do Rin'negan).

10 Re: Área de Treinamento Nukenin em Ter 19 Jan 2016, 20:03

app, vc adiciona


Conteúdo patrocinado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Novo Tópico  Responder ao tópico

Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum