Naruto Player RPG | sua experiência no mundo de Naruto
Seja bem vindo ao Naruto Player RPG, se cadastre agora e venha jogar um RPG onde você poderá interpretar seu personagem favorito de Naruto, não perca tempo venha jogar conosco.

Logue-se já!

Esqueci minha senha




Nas ultimas horas...
Youko
Qui 25 Maio 2017, 02:03
 
Youko
Qui 25 Maio 2017, 01:43
 
Ezreal
Qui 25 Maio 2017, 00:31
 
Youko
Qui 25 Maio 2017, 00:25
 
Ezreal
Qua 24 Maio 2017, 22:33
 
Shinki
Qua 24 Maio 2017, 21:42
 
Nanashi
Qua 24 Maio 2017, 21:34
 
Nanashi
Qua 24 Maio 2017, 20:58
 
Modake
Qua 24 Maio 2017, 20:46
 
Quem mais postou nessa semana...

Top dos mais ativos do Mês!

Top dos mais Postadores!
Hinara (1230)
 
River (1209)
 
Youko (1004)
 
Big Boss (910)
 
Modake (907)
 
Whisper (643)
 
Yuu (615)
 
Kazuaki Yuki (612)
 
Ezreal (598)
 
Allen Walker (577)
 


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[T] Nanashi

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 [T] Nanashi em Qua 24 Maio 2017, 17:44

Logo mais, edito com algo bonito e legal.

2 Re: [T] Nanashi em Qua 24 Maio 2017, 19:56


O homem sem nome.



"Um samurai que vagou pelos quatro cantos do mundo, solto como um pássaro que voa aos céus. Em seu sangue, percorre uma extensa linhagem de exímios samurais que fizeram história, mas que foram esquecidos com o passar dos anos. E assim como a história de sua família, seu antigo vilarejo foi sendo se tornando defasado até que não tinha mais potência econômica e política para se manter. Houve um grande estopim, que dividiu seu vilarejo em duas partes contrárias com os pensamentos uma da outra, causando uma guerra civil. Perdurou por anos, até que tudo se transformou em cinzas.

Remanescentes do conflito, o samurai e seu pai passaram a vagar como andarilhos. O samurai via seu mundo em pedaços com a morte de sua mãe e sua irmã, mas seu pai atuava como o único pilar que ainda o mantinha em pé. Fora tempos em que aprendeu várias lições de vida, assim como pôde conhecer diferenças históricas e culturais do mundo. E assim permaneceu, até que seu pai veio a falecer por causa de uma doença não catalogada. Após, uma escuridão tomava conta de tudo."


E quando pudera perceber, Nanashi estava a se levantar assustado, olhando para os lados de forma frenética, como se algo estivesse para surgir em qualquer momento. Demorou alguns segundos para que retomasse sua plena consciência, e se dar conta de que tudo não passava de um pesadelo que lhe era um estorvo enquanto descansava, reclinado sobre uma das árvores a floresta em que estava atualmente. Respirou profundamente, se acalmando. Olhou para o lado, e avistou sua katana, que o lembrava do que havia vindo fazer aqui.

Um legado havia sido deixado pelos antecessores de Nanashi. Ele era o último a ser contemplado por tal, uma vez que toa sua família fora dizimada com a guerra civil, e isto apenas fazia o jovem se sentir motivado a fazer jus às suas gerações antepassadas. Apanhou em sua bolsa de equipamentos uma kunai peculiar, composta por três pontas. O que a tornava especial não era o fato de possuir duas pontas a mais que as tradicionais, mas sim a marca que continha. Um selo diferenciado, que poderia ser usado em conjunto com um ninjutsu de espaço-tempo, capaz de teletransportar o seu usuário para onde é que ele estava presente. Fincou-a sobre o tronco de uma das árvores, pois ainda naquele mesmo treinamento daria uma atenção privilegiada. Até então, no entanto, optaria por outro tipo de treinamento.

Retirou a lâmina de sua bainha, e se pôs de pé. Sua tarde de treinamento não rodaria em torno apenas do Hiraishin no Jutsu, assim como também dedicaria para aperfeiçoar suas habilidades com sua katana. Brandava-a pelo ar para lá e para cá, como forma de aquecimento. Subitamente, desferiu um corte contra um dos troncos, capaz de cortar um terço do mesmo sem usar muita força. Sorriu de canto, vendo que suas habilidades com a lâmina ainda estavam em dia.

Passava a brandar novamente sua lâmina, mas de uma forma peculiar. Não tinha um ritmo próprio, e justamente isto que causava um efeito interessante enquanto ela se movimentava de um lado para o outro. Conforme fora se passando os movimentos, novas imagens eram criadas, dos locais por onde ela já passou. Aparentava-se ser uma ilusão, como um genjutsu, mas consistia numa habilidade que mexia com a percepção óptica daqueles que a olhavam. As imagens eram apenas rastros, mas se assemelhavam com a imagem real, não dando para se entender de onde o ataque realmente seria feito. Este era o efeito de Oborozukiyo. Acabou desferindo outro golpe contra uma árvore, uma vez que não tinha nenhum inimigo que lhe servisse de cobaia.

A sua tarde consistiu, na sua maior parte do tempo, em executar outros cortes ao nada ou em troncos que o rodeavam. Era a primeira vez que Nanashi praticava sua arte de kenjutsu desde que chegava neste vilarejo que por um tempo indeterminado chamaria de lar. Mas Oborozukiyo não era a única técnica de kenjutsu que conseguiu aprender. O rapaz era dotado de uma incrível quantidade de chakra, e estava determinado a mesclar seu ninjutsu com seu kenjutsu. Isto seria possível graças a habilidade Hadan. Precisou concentrar uma pequena parcela de seu chakra por toda a extensão da lâmina, e a enviá-la através de um corte.

Desta vez, era exigido uma dedicação maior, graças a complexabilidade do kenjutsu. Teve vezes em que nada saia de sua lâmina, assim como outras vezes apenas uma leve rajada saía, mas que tinha a mísera capacidade de balançar algumas folhas. Fora na décima segunda tentativa em que finalmente uma rajada de chakra massivo era disparado como um projétil, com o movimento de corte da katana em pleno ar. Este era poderoso, capaz de cortar um tronco por inteiro e levar uma árvore ao chão. Felizmente a floresta era afastada, e ninguém iria verificar do que aquele barulho se tratava.

Somente ao final da tarde que Nanashi fora dar atenção para o que mais lhe importava. Depois de descansar por um tempo, ficou de pé sob um tronco que escalou utilizando o Kinobori, e passou a se concentrar. Seus olhos estavam fechados. Hiraishin no Jutsu era uma habilidade de grande dificuldade, ainda mais para alguém que não passava de um mero gennin. Passou a envolver seu corpo com seu chakra, como uma fina camada que era invisível a olho nu. Fez com que toda essa camada se condensava, se comprimindo. Era como se estivesse a amassar o seu corpo de uma maneira súbita, mas não de uma forma que lhe causasse dano, muito pelo contrário.

De forma repentina, o corpo de Nanashi sumia. Tudo porque comprimiu seu chakra e o dilatou num outro ponto que continha seu chakra, sendo então o selo atuando como isto. Se via a frente daquela kunai de três pontas que, ao começo do seu treinamento, havia fincado em uma árvore. Empolgado, a pegou e a arremessou para frente. Fez o mesmo processo outra vez, se teletransportando ao lado da kunai em pleno ar, de forma que rotacionou seu corpo para apanhar o cabo da kunai e aterrissar perfeitamente, sem que se desequilibrasse ou caísse.

Seu treino estava concluído, e tudo que quisera, aprendido. Assim, se retirou dali.

 


HP: 300  Chakra: 2800  Stamina: 3300

Velocidade: 4 | Mente: 0 | Controle de Chakra: 7


Armas tradicionais:
Kunais: 50
Kunai de três pontas: 1
Shurikens: 30
Fuuma Shurikens: 30
Senbons: 35
Tarjas Explosivas: 25
Bombas de Fumaça: 10
Bombas de Luz: 10
Fios de Aço: 100 m


Shūsui (Água Clara de Outono)
Rank: C
Descrição: Uma katana dita como amaldiçoada, e de temperamento próprio. Sua lâmina negra é feita de ébano, contendo um fio de corte afiadíssimo, assim como uma resistência inacreditável. A sua guarda é marrom e lembra flores, enquanto seu cabo e bainha tem uma coloração semelhante a da lâmina. Seus ornamentos são vermelhos-sangue, assumindo em sua maioria a forma de quadrados compostos.

Local do treino: Floresta, nos limites da aldeia.
Número de Treinos na semana: Três treinos em um só; único da semana.
Objetivo do Treino: Treinar jutsus.
Jutsus Aprendidos: 3. [Spoiler abaixo]
Números de Palavras: 1000 - 50 [bônus] obrigatórias | Contém 1037.

Jutsus aprendidos:

Hiraishin no Jutsu
(Técnica do Deus Voador do Trovão)
Quem usa: Namikaze Minato e Senju Tobirama
Rank: S
Classificação: Ninjutsu
Elemento: -
Classe: Suplementar
Selo: -
Alcance: Todos os alcances
Primeira Aparição: Capítulo 240
Descrição: A Técnica do Deus Voador do Trovão é uma técnica criada pelo Segundo Hokage, Tobirama Senju, que permite ao usuário se transportar para um determinado local marcado instantaneamente.
Para ativar esta técnica, o usuário coloca um selo especial ou "técnica fórmula" (術式, jutsu-shiki) para marcar o destino pretendido. Depois disso, eles podem instantaneamente transporta-se para o local do selo. A marca pode ser aplicada a qualquer área através do contato físico breve, incluindo um adversário ou alguma outra característica circundante. Como esta técnica é capaz de afetar qualquer coisa que está em contato com o usuário ou de alguma forma ligado ao seu chakra, eles também podem usar esta técnica para teletransportar outros objetos ou pessoas, como quando Minato usou para teleportar Kurama de Konohagakure, embora o tamanho do objeto determina a quantidade de chakra necessário.


Oborozukiyo
(Noite da Lua Nebulosa)
Quem Usa: Yuugao Uzuki
Rank: C
Primeira Aparição: Shippuuden 308.
Descrição: Yugao corre para trás em direção a seu oponente e, com um golpe de espada, deixa um rastro de imagem posterior.


Hadan
(Ruptura)
Quem Usa: Tatewaki
Rank: C
Primeira Aparição: Shippuuden 310.
Descrição: O usuário balança violentamente seu chakra na espada com a intenção de atingir o adversário que se aproxima.

3 Re: [T] Nanashi em Qua 24 Maio 2017, 20:14

Tá aprovado


Conteúdo patrocinado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum